1 de March de 2024
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

A Comunidade Caribenha ao lado de Cuba

Bloqueo-Cuba-2

A Comunidade Caribenha ao lado de Cuba

Bridgetown, 10 fev (Prensa Latina) O bloqueio econômico dos Estados Unidos contra Cuba está prejudicando o desenvolvimento daquele país vizinho, mas também de toda a região do Caribe, disse David Comissiong, embaixador de Barbados na Comunidade do Caribe (Caricom). Observando que Cuba e os membros da Caricom desenvolveram durante anos uma relação muito amigável, respeitosa e produtiva, apelou a Washington para levantar o bloqueio económico, financeiro e comercial que aplica a Cuba há mais de seis décadas.

Afirmou que a Caricom continua a comunicar com Washington “para vos dizer… vejam, este bloqueio é contraproducente, não só para Cuba, mas para todos nós. Por favor, levantem-no!”

Pouco depois de participar da recente conferência internacional “Nova Operação Verdade” em Havana, organizada pela Prensa Latina, Comissiong foi aqui entrevistado por Teshia Hinds no popular programa de televisão “Mornin’ Barbados”, onde se referiu aos acordos de cooperação de Cuba com Barbados e com a Caricom.

Tentámos de tudo, incluindo uma carta coletiva privada dos nossos Chefes de Governo ao Presidente Joe Biden, explicando de uma forma muito racional e razoável porque é que este bloqueio é anacrónico e porque deve desaparecer, explicou.

Além disso, votamos todos os anos na Assembleia Geral das Nações Unidas a favor da resolução que condena o bloqueio e, sempre que temos oportunidade de trocar ideias com diplomatas americanos, em qualquer fórum, insistimos nisso.

Temos que redobrar os nossos esforços para ter estas relações mutuamente benéficas com Cuba e, de alguma forma, encontrar formas de contornar o bloqueio, disse ele. Tentamos mesmo assim, porque um princípio central da política externa da Caricom é a solidariedade com Cuba.

Lembrou que cada um dos países independentes da Caricom tem uma embaixada em Cuba e, da mesma forma, Cuba tem uma embaixada em cada um desses países. Isso é único. Não se encontra esse tipo de relacionamento com nenhum outro país, ressaltou.

O Comissiong preside uma força-tarefa – com uma agenda de 10 áreas – criada por um Acordo de Cooperação Barbados-Cuba, após a Cúpula Cuba-Caricom em 2022, espaço em que os Chefes de Governo se reúnem a cada três anos.

Salientou que este acordo inclui a cooperação nos domínios da educação, turismo, saúde, desporto e agricultura e destacou o interesse especial na biotecnologia.

Durante a sua estadia em Cuba, visitou o Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia, que descreveu como uma das instituições pioneiras no desenvolvimento de alguns medicamentos de vanguarda, como o Heberprot-P, para o tratamento de úlceras diabéticas, situação que afeta muitos barbadianos.

Comissiong explicou, no entanto, que o bloqueio dos EUA afeta o registo deste medicamento no seu país.

Esse é o tipo de poder que temos no Caribe. No entanto, grande parte do potencial de Cuba está a ser restringido porque têm de lutar contra todas estas sanções dos EUA, lamentou.

ode/Jl/ml

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.

EDICIONES