21 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Modernizar infraestrutura para pesquisa geológica em Angola

Modernizar infraestrutura para pesquisa geológica em Angola

Luanda, 25 abr (Prensa Latina) As investigações geológicas em Angola incorporou hoje um moderno laboratório, inaugurado na cidade de Saurimo, no nordeste do país, onde existe um elevado potencial mineiro, informou a agência noticiosa Angop.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Anexo ao Instituto Geológico (IGEO), o centro científico dispõe de equipamentos para realizar análises genéricas nas áreas de petrologia, mineralogia, geoquímica, meio ambiente, hidrologia e geotecnia.

De acordo com o relatório, a instalação tem uma área construída de mais de 3 mil 460 metros quadrados e tem capacidade técnica de 62 unidades, que garantem altos níveis de precisão no exame de rochas, minerais, solo e água, ao abranger 78 elementos da tabela periódica.

Até agora, Angola tinha duas unidades semelhantes: o laboratório central do IGEO, em Luanda, e o centro de avaliação de rochas ornamentais no Lubango, capital da província da Huíla, no sul.

Esta segunda-feira foi também inaugurado em Saurimo o Laboratório Angolano de Diamantes, propriedade da empresa nacional do subsector (Endiama), em parceria com o IGEO, anunciou a Angop.

A unidade, acrescentou a fonte, vai trabalhar nas áreas de petrologia, mineralogia e geoquímica com vista à caracterização de amostras de kimberlito e material aluvial inerentes às actividades de prospecção e exploração de jazidas diamantíferas.

De acordo com a reportagem da mídia, a infraestrutura oferece uma ampla gama de análises laboratoriais para apoiar as principais etapas da atividade de mineração, incluindo a identificação e classificação de minerais indicadores de diamantes com base nas características químicas morfológicas, espectrais e minerais.

Além disso, permitirá a concentração de microdiamantes, através da fusão cáustica de amostras de kimberlito, e a separação de macrodiamantes, com vista a definir a qualidade e génese das pedras preciosas e o potencial nas áreas de origem.

Os dois novos laboratórios vão enriquecer o sistema nacional de infra-estruturas técnico-científicas de apoio à exploração sustentável dos recursos minerais, disse a Angop.

ode/mjm/glmv

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.