21 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Debates em Angola sobre civilidade e transparência eleitoral

Debates em Angola sobre civilidade e transparência eleitoral

Luanda, 11 abr (Prensa Latina) A civilidade das forças políticas e a garantia da transparência eleitoral estão hoje entre as principais preocupações manifestadas em Angola antes das próximas eleições gerais.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A imprensa local refletiu este fim de semana a ocorrência de atos de intolerância política no município de Chongoroi, província de Benguela, com acusações mútuas das partes envolvidas.

A 5 de abril, o presidente da República e do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), João Lourenço, salientou que as entidades da oposição mobilizaram alguns jovens radicais das cidades nos últimos meses para cometer atos de vandalismo.

“Este é o programa de governação que, infelizmente, a nossa oposição tem”, alegou o presidente, que lamentou a queima na província de Luanda de uma comissão local do seu partido no início de 2022.

Por iniciativa da bancada do MPLA, a Assembleia Nacional vai realizar em breve um debate sobre a transparência eleitoral no país, pois está interessada em promover um processo credível, universal e participativo, disse o deputado Virgílio de Fontes Pereira.

Como afirmou, aspiram a uma análise “séria e responsável” da questão, sem criar nervosismo na oposição e em alguns setores da sociedade civil que continuam a basear-se na narrativa de possíveis fraudes nas urnas.

A ideia, acrescentou, é abordar o problema da transparência para tranquilizar as populações, numa altura em que existe alguma tensão política.

De acordo com a agência noticiosa angolana (Angop), o MPLA iniciou a eleição de pré-candidatos a deputados, enquanto a coligação Convergência Ampla para a Salvação de Angola (CASA-CE) lançou uma consulta pública em Mbanza Kongo, Zaire, com vista para nutrir seu programa de governo para o período 2022-2027.

Os eixos principais foram apresentados pelo deputado Sikonda Lulendo Alexandre, que confirmou a entrega aos munícipes de um questionário para obtenção de informações, que será enviado às estruturas centrais da CASA-CE antes do final da primeira quinzena de maio.

Após uma prorrogação por sete dias, terminou a 7 de Abril o prazo para a atualização massiva do recenseamento eleitoral no território nacional e no estrangeiro, uma vez que pela primeira vez os angolanos residentes no estrangeiro poderão participar neste tipo de exercício democrático, previsto para Agosto.

O responsável Fernando Paixão, do Ministério da Administração do Território, explicou que ainda é prematuro divulgar o saldo do Registo Eleitoral Oficial, pois ainda estão a receber dados que devem ser processados, informou a Angop.

jf/mjm/ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.