24 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Lula falará no Grupo de Puebla sobre destinos na América Latina

Lula, discruso, Grupo, Puebla

Lula falará no Grupo de Puebla sobre destinos na América Latina

Brasília, 30 mar (Prensa Latina) O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva falará hoje sobre igualdade e futuro da América Latina, no encerramento do segundo e último dia do encontro internacional do Grupo Puebla.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Segundo os organizadores, o discurso de duas horas de Lula será ouvido na Concha Acústica Marielle Franco da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

O Grupo Puebla foi fundado em julho de 2019 na cidade mexicana de mesmo nome durante um período de resistência política, em meio a golpes e ao desmantelamento do esforço de união regional.

O fórum é formado por líderes de partidos progressistas de 16 países da América Latina e da Espanha que, durante os dois dias do encontro na UERJ, priorizam temas vitais como igualdade, democracia, justiça social, desenvolvimento solidário e desigualdades durante e após a a pandemia de Covid-19.

Durante seu discurso, o ex-presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, exortou ontem à esquerda a reconstruir uma unidade política global na qual a igualdade seja um valor indispensável da democracia.

Falou sobre as origens da desigualdade no mundo e como, junto com a igualdade, é uma das questões verticais das revoluções.

“Sem liberdade não podemos pensar em igualdade” e vice-versa, disse o político, que considerou que ambas as condições são pilares de qualquer projeto democrático.

Ele pediu que se estudasse e aprofundasse sobre o processo de colonialismo e escravidão para entender a história porque “a memória é parte da verdade”.

O ex-líder colombiano Ernesto Samper convidou a mudar o modelo político, econômico e social da América Latina após o término da pandemia de Covid-19.

Denunciou que o colonialismo devastou os países em desenvolvimento e que “nascemos desiguais e devemos pensar em como superar tal condição”.

Para isso, acrescentou, é necessário um modelo de desenvolvimento diferente, não o neoliberal que empobrece e sacrifica o Estado.

A ex-presidente brasileira Dilma Rousseff pediu a colocação dos pobres no orçamento e nos investimentos sociais das nações latino-americanas para começar a combater a desigualdade.

“Não é segredo para ninguém que predomina na região um avanço do neoliberalismo e um recuo dos movimentos sociais democráticos e a ausência destes nos espaços governamentais”, disse.

Insistiu na urgência de que a América Latina volte a unir esforços para uma maior integração entre os países e que estes sejam menos dependentes da exportação de matérias-primas.

Considerou que o poder potencial da América Latina deve ser fortalecido e centralizado, “em quem?”, respondeu, “na nossa integração regional”.

jha/ocs/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.