25 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Rússia lembra plano dos EUA contra Cuba (+ Fotos)

Rússia lembra plano dos EUA contra Cuba (+ Fotos)

Moscou, 24 Mar(Prensa Latina) Uma mesa redonda dedicada ao 60º aniversário da operação norte-americana Northwoods contra Cuba aconteceu na véspera nesta capital, informou hoje a Fundação Fidel Castro da Rússia, organizadora do encontro.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O debate também foi promovido pela Sociedade Russa de Amizade com Cuba e aconteceu na Casa Central dos Cientistas, pertencente à Academia de Ciências desta nação.

personas en sala

Abrindo o evento, o presidente do conselho da Fundação, Leonid Savin, relembrou detalhes da operação que pretendia realizar ataques terroristas contra os Estados Unidos, supostamente organizados pelas autoridades cubanas.

A intenção malsucedida de Northwoods foi preparar a opinião pública norte-americana com fatos desse tipo que justificariam uma intervenção militar de Washington em Cuba, destacou.

O acadêmico russo defendeu o estudo dos documentos disponíveis que são de domínio público, já que o governo dos Estados Unidos continua comprometido com a cultura estratégica que se desenvolveu no século XIX.

“Esta é, antes de tudo, a convicção escolhida por Deus de que apenas os americanos devem levar a democracia a outros povos e, sob esse pretexto, podem fazer qualquer coisa, até matar seus próprios cidadãos”, explicou Savin.

documento

Foi apresentado aos presentes um documento intitulado Memorando ao Secretário de Defesa, datado de 13 de março de 1962, desclassificado em 1997 (https://nsarchive2.gwu.edu/news/20010430/northwoods.pdf), justificando o ataque a Cuba.

Segundo o investigador russo, o plano deveria fazer parte da Operação Mongoose para derrubar o governo cubano. O Memorando foi desenvolvido pelo Estado-Maior Conjunto dos EUA, mas a maioria dos principais oficiais militares do país desconhecia seu conteúdo.

Explicou que o texto evidencia a estratégia destinada a ter pretextos que apoiariam uma agressão norte-americana contra Cuba, incluindo um suposto ataque contra a base naval de Guantánamo, no extremo leste da nação caribenha, ocupada ilegalmente por aquele país.

Com base nas supostas ações das forças cubanas, a Casa Branca responderia destruindo os postos de artilharia e morteiros que ameaçavam a base e iniciaria operações militares de grande escala contra a ilha.

O plano também previa ataques a outros países vizinhos, inclusive contra a própria nação norte-americana; e a dramatização do abate de um avião de passageiros americano com o suposto funeral das vítimas.

O cientista político russo chamou a atenção para o fato de que, embora o presidente John F. Kennedy tenha rejeitado a Operação Northwoods, os planos de “operações sob bandeiras falsas” foram e continuam sendo implementados pelos Estados Unidos contra outros países e estão sendo aplicados atualmente na Ucrânia.

jcm/mml/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.