23 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Rússia abre corredores humanitários em quatro cidades ucranianas

Rússia abre corredores humanitários em quatro cidades ucranianas

Moscou, 7 mar (Prensa Latina) As Forças Armadas russas declararam hoje um cessar-fogo e a abertura de corredores humanitários de Kiev, Kharkiv, Sumy e Mariupol, devido à deterioração da situação nessas cidades ucranianas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com um comunicado da Sede da Coordenação Interministerial de Resposta Humanitária na Ucrânia, a decisão entrou em vigor às 10h00, hora local, e foi resultado de um pedido do presidente francês Emmanuel Macron ao seu homólogo russo, Vladimir Putin.

O corredor de Kiev passará por várias cidades em direção à cidade bielorrussa de Gomel, enquanto duas rotas de saída serão estabelecidas de Mariupol para a cidade russa de Rostov-on-Don e a cidade ucraniana de Zaporozhye.

No caso de Kharkiv, os civis poderão viajar para a cidade russa de Belgorod, e de Sumy também viajarão para Belgorod e a cidade ucraniana de Poltava.

O lado russo notificou as Nações Unidas, a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha sobre a abertura desses corredores humanitários na Ucrânia.

O comunicado observou que a evacuação será garantida com a ajuda de drones russos, para que a operação possa ser verificada e registrada.

“Avisamos que todas as tentativas do lado ucraniano de mais uma vez enganar a Rússia e todo o mundo civilizado interrompendo a operação humanitária supostamente por causa da Federação Russa serão fúteis e sem sentido desta vez”, explicou a agência. Moscou que coordena a resposta humanitária na Ucrânia.

A Rússia iniciou uma operação militar na Ucrânia em 24 de fevereiro, depois que as autoridades das autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e Lugansk pediram ajuda para repelir a agressão de Kiev.

Anteriormente, Moscou reconheceu a independência e soberania de ambos os territórios e assinou tratados de amizade, cooperação e assistência mútua com seus líderes, que incluíam o estabelecimento de relações diplomáticas e ajuda militar.

Putin, em um discurso televisionado para informar sobre o início da operação, afirmou que o objetivo é proteger a população de Donbass de abusos e genocídio por Kiev nos últimos oito anos e desmilitarizar a Ucrânia.

Segundo o Ministério da Defesa russo, os ataques visam infraestruturas militares, instalações de defesa aérea, aeródromos e aviação militar, salientando que a população civil da Ucrânia não está ameaçada.

jf/mml/ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.