5 de December de 2021

NOTICIAS

O declínio dos casos de Covid-19 na África do Sul continua

O declínio dos casos de Covid-19 na África do Sul continua

Pretória, 20 set (Prensa Latina) Autoridades de saúde sul-africanas informaram a ocorrência de 2.281 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, ratificando assim o declínio da terceira onda da pandemia no país.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A título de comparação, revela o Ministério da Saúde em seu relatório diário sobre a pandemia, na última semana foram contabilizados em média 3.491 casos diários da doença, com os quais o número acumulado de pessoas afetadas pelo novo coronavírus é de 2.882.630.

Durante os últimos sete dias, acrescentou o comunicado, a província de KwaZulu-Natal, no sudeste, relatou uma média de 785 novos casos por dia, enquanto no sul do Cabo Oriental e Ocidental esse número foi de 658.

Por outro lado, o Ministério registrou 58 mortes relacionadas à Covid-19 nas últimas 24 horas. Isso eleva o número de mortes para 86.174.

A maior parte do total de mortes foi registrada em Western Cape e no centro de Gauteng, com 19.207 e 19.510, respectivamente.

Em média, 185 mortes por dia foram relatadas na semana passada.

Assim, estima-se que existam atualmente 64.093 casos ativos de Covid-19 na África do Sul, dos quais 8.742 estão internados em hospitais, 1.323 em unidades de terapia intensiva, 784 em respiração assistida.

Enquanto isso, na África do Sul continua o programa nacional de vacinação contra a Covid-19, com a aplicação de aproximadamente um milhão de doses a cada quatro dias, apesar de certa rejeição expressa por alguns setores sociais à ser imunizados.

Nesse sentido, a professora Koleka Mlisana, co-presidente do Comitê Consultivo Ministerial (MAC) sobre o Coronavírus, explicou como, quando se fala em imunização, tudo gira em torno da aceitação da vacina.

Em todo o mundo, lembrou ele, há uma certa diminuição na aceitação das vacinas anti-Covid-19.

Na África do Sul, revelou o especialista, a aprovação dessas vacinas oscilou entre 52 e 82%, enquanto a rejeição total é inferior a 20%.

jcm / mv / ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.