2 de July de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

França atenta a pistas sobre relaxamento de restrições

França atenta a pistas sobre relaxamento de restrições

Paris, 28 abr (Prensa Latina) A anunciada flexibilização das restrições aplicadas para conter a difusão do Covid-19 emociona muitos franceses e preocupa não poucos, todos atentos às pistas que surgem sobre a reabertura.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O país vive um terceiro confinamento desde o início de abril, embora ao caminhar por qualquer uma de suas cidades não pareça assim, com temperaturas que conspiram contra medidas governamentais e a tensão gerada por quatro meses de toque de recolher e seis com restaurantes, bares, lojas não essenciais e locais culturais fechados.

Há um mês, o presidente Emmanuel Macron previa uma reabertura gradual a partir de meados de maio, com as esperanças voltadas para uma campanha de vacinação que ainda não atingiu 10% da população protegida com as duas doses e em meio ao medo causado pelas variantes do SARS-CoV -2.

Na véspera, o chefe de Estado falou por videoconferência com uma dezena de prefeitos para tratar do calendário de levantamento de restrições, com vistas a um plano que veria a luz do dia 12 de maio. De acordo com a rede Franceinfo, Macron se dirigirá aos franceses no domingo ou segunda-feira para informá-los sobre os próximos passos, os quais o presidente já adiantou que seriam pautados pela prudência, o que implica a possibilidade de prorrogar o toque de recolher até junho e reabrir os estabelecimentos fechados apenas onde as condições sanitárias sugerem isso.

O ministro da Economia, Bruno Le Maire, lançou ontem um sinal rapidamente amplificado pela mídia, ao mencionar a ativação em maio de 11 bilhões de euros para o relançamento de setores econômicos, a partir da sua alocação pela modalidade de empréstimos participativos.

Há poucos dias, a chefe da Cultura, Roselyne Bachelot, reiterou a visão de uma reabertura de museus, teatros e cinemas para meados de maio, embora sem deixar de citar a já recorrente frase ‘se a situação epidemiológica permitir’.

França atenta a pistas sobre relaxamento de restriçõesAs pistas não faltam, assim como a pressão dos setores econômicos, mas a realidade é que há muito pouca clareza sobre o caminho a seguir, dúvidas que Macron pode esclarecer, se ele finalmente aparecer diante das câmeras de televisão até segunda-feira.

Até o momento, o governo reabriu aulas presenciais no ensino fundamental e planeja fazê-lo em 3 de maio em escolas e colégios, um dia após o fim da proibição de viajar para além de 10 quilômetros de casa em solo francês.

Embora a notícia do retorno escalonado à normalidade desperte expectativas, tanto nos cidadãos quanto nos comerciantes, muitas são as vozes que lembram a complexa situação vigente, com uma média de mais de 30 mil casos diários de Covid-19 e quase seis mil pacientes em terapia intensiva.

O primeiro-ministro Jean Castex alertou sobre o risco representado por cepas mutantes do SARS-CoV-2, o que explica a entrada em vigor no último sábado de uma quarentena obrigatória de 10 dias para viajantes da Argentina, Brasil, Chile, Índia, África do Sul e exterior território da Guiana Francesa.

A nova preocupação vem da Índia, onde a variante B.1.617 pode estar relacionada ao aumento dramático de infecções lá, mais de 300 mil por dia.

Ontem à noite, o ministro da Saúde francês, Olivier Véran, garantiu que no território metropolitano os casos de Covid-19 com esta cepa permanecem não detectados.

Em declarações à imprensa, o responsável afirmou que o país ativou um dispositivo para seguimento das variantes do patógeno responsável pela doença, que consiste numa combinação de rastreio por PCR (Reação em Cadeia da Polimerase) e sequenciamento do genoma do vírus.

mem / wmr / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.