26 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Bolívia busca destaque no mercado internacional de lítio

Bolívia busca destaque no mercado internacional de lítio

La Paz, 27 mai (Prensa Latina) Em busca de uma posição de liderança no mercado internacional de lítio, a Bolívia investirá quase 715 milhões de dólares para produzir cerca de 40 mil toneladas deste metal por ano até 2025, confirmaram fontes oficiais.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

“De acordo com o Plano de Desenvolvimento Econômico e Social, a Yacimientos de Litio Bolivianos (YLB) planeja aumentar a produção de baterias, cloreto de potássio e carbonato de lítio”, disse o engenheiro Carlos Ramos, presidente da YLB.

Ramos explicou em entrevista ao jornal La Razón que o orçamento destinado a atingir este objetivo se concentra em primeiro lugar no projeto de Desenvolvimento Integral da Usina Industrial de Salmoura Salar de Uyuni-Fase II.

Acrescentou que um segundo objetivo importante é a implantação do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Pilotagem (Cidyp) de La Palca, no departamento de Potosí.

O empresário afirmou que para ambos os planos há um orçamento de aproximadamente 1,03 bilhões de bolivianos (147 milhões de dólares).

Ramos explicou que o YLB tem uma meta de marketing interno maior em relação à receita de vendas do Plano de Desenvolvimento Econômico e Social 2021-2025 (PDES), que foi estimada em 524.960.667 bolivianos (quase 75 milhões de dólares), aspiração que em Abril já foi cumprido em 40%.

O presidente da estatal de recursos evaporativos salientou que a corporação sustenta o desenvolvimento da produção industrial, tanto de lítio como de cloreto de potássio, nas três principais salinas do sertão: Uyuni, Coipasa e Pastos Grandes.

Esses investimentos giram em torno de cinco bilhões de bolivianos (quase 715 milhões de dólares).

O engenheiro informou que para a gestão do corrente ano, o Departamento de Operações da YLB prevê uma produção de 65 mil toneladas de cloreto de potássio e 750 de carbonato de lítio.

Referindo-se à estratégia seguida para atingir as 40 mil toneladas, Ramos descreveu que consiste na concepção, construção e arranque de fábricas de carbonato de lítio nas três salinas mais importantes do Estado Plurinacional.

“No momento, está sendo desenvolvida no Salar de Uyuni a construção de uma Planta Industrial de Carbonato de Lítio com capacidade de produção de 15.000 toneladas por ano, com previsão de conclusão de duas nos próximos anos”, concluiu.

mv/jpm/ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.