27 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Estados Unidos saberá um pouco mais do seu 45º presidente

Estados Unidos saberá um pouco mais do seu 45º presidente

Washington, 10 mai (Prensa Latina) Os Estados Unidos conhecerão um pouco mais sobre o ex-presidente Donald Trump hoje quando forem publicadas as memórias de seu ex-secretário de Defesa Mark Esper, que faz revelações contundentes sobre o ex-presidente.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Qualificando algumas como ideias “loucas”, outras como propostas “extravagantes” de política externa, o ex-chefe do Pentágono aproxima o leitor de como Trump governou impondo pontos de vista que aproximaram o país de uma guerra civil, da ruptura de alianças e de uma provável guerra com o México, seu vizinho ao sul.

Entre uma série de propostas de política externa “extravagantes” enquanto esteve na Casa Branca, Trump levantou a retirada de tropas da Coreia do Sul e o fechamento de embaixadas na África, segundo um trecho das memórias citado no dia anterior pelo jornal The Hill.

Na nova prévia do jornal Político, Esper escreveu que logo após ser contratado para liderar o Pentágono em 2019, seu chefe estava atacando a corrupção na Ucrânia, duas questões pessoais que o restante da equipe de segurança nacional e política externa tentou abafar porque não eram consideradas grandes preocupações na época.

O trecho vem quando o livro de Esper, “A Sacred Oath: Memórias de um Secretário de Defesa Durante Tempos Extraordinários”, oferece uma série de acusações bombásticas contra Trump, incluindo que ele propôs lançar mísseis no México para atacar laboratórios de drogas administrados pelos cartéis, disse o The Hill. Como já é tradição, Trump e sua equipe atacaram o ex-funcionário e o chamaram de “RINO”, o que significa que ele é apenas um republicano de nome e que supostamente não adere às ideias desse grupo político.

Quando o ex-secretário estava no comando do Pentágono, de 2019 a novembro de 2020, as manifestações massivas ocorreram em cidades americanas pelo assassinato de George Floyd, um afro-norteamericano desarmado.

Trump queria que o exército atirasse nos manifestantes, o que Esper supostamente não concordou, e o presidente o demitiu.

O ex-chefe também acusou Trump de ameaçar enviar 10.000 soldados da ativa para Washington, DC, para reprimir protestos em junho de 2020, algo que ele disse ter bloqueado. Trump negou que Esper o tenha impedido de fazer qualquer coisa.

Também fazem parte do livro as negociações da Casa Branca para um acordo de paz com o Talibã no Afeganistão, conversas que incluíram o conselheiro de segurança nacional John Bolton, o vice-presidente Mike Pence e o secretário de Estado Mike Pompeo.

Esta terça-feira o livro de memórias estará à venda e Trump voltará a ser notícia nos Estados Unidos depois de ter sido deslocado das primeiras páginas pela pandemia de Covid-19 e pela crise na Ucrânia.

jcm/lb/hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.