21 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Brasil ratifica prazo para emitir ou regulamentar título de eleitor

Brasil ratifica prazo para emitir ou regulamentar título de eleitor

Brasília, 4 mai (Prensa Latina) O governo brasileiro confirmou que quem desejar votar nas eleições gerais de 2 de outubro tem até hoje para emitir ou regularizar suas credenciais, um prazo legal estabelecido pela Justiça Eleitoral.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A mesma data de validade se aplica àqueles que desejam mudar seu endereço, mudando o município em que votam, bem como incluir seu nome social no cartão eleitoral, no caso de transexuais e travestis.

A data também é válida para os idosos e pessoas com mobilidade reduzida solicitarem a transferência de seu local de votação para um posto de votação acessível.

Como em todo ciclo eleitoral, a busca pela regularização do título aumentou com a aproximação do prazo, o que levou a Justiça Eleitoral de vários estados a prorrogar o horário de abertura dos registros.

A Agência Brasil estatal indica que todos os procedimentos relacionados ao cartão eleitoral, incluindo a emissão do documento pela primeira vez, podem ser realizados inteiramente on-line, sem a necessidade de sair de casa, através do Serviço de Votação pela Internet.

Através do ciberespaço é possível, por exemplo, pagar multas eleitorais vencidas e solicitar uma revisão de dados no caso de títulos anulados.

De acordo com a Justiça Eleitoral, mais de seis milhões de títulos foram cancelados entre 2018 e 2021.

Isto pode ocorrer, por exemplo, quando um eleitor não comparece para votar ou justifica a ausência por três enquetes consecutivas, apesar de se adequar aos critérios de votação obrigatória.

No entanto, aqueles cujos títulos foram invalidados por não terem realizado a triagem dos eleitores e a coleta de dados biométricos em seu estado, não precisam se preocupar.

No mês passado, o Tribunal Superior Eleitoral suspendeu os efeitos da supressão por causa da pandemia contínua da Covid-19.

Assim, os eleitores nesta situação poderão votar normalmente em outubro.

A votação no Brasil é obrigatória para todos os cidadãos, nativos ou naturalizados, alfabetizados, entre 18 e 70 anos de idade. É opcional para crianças de 16 e 17 anos, maiores de 70 e analfabetos.

Os cidadãos que estão em boa situação com a Justiça Eleitoral, ou seja, sem assuntos pendentes, podem votar.

Os brasileiros irão às urnas para eleger o presidente da República, governadores de estado, senadores e deputados federais, estaduais e distritais.

Até agora, o ex-governador Luiz Inácio Lula da Silva, que reconquistou seus direitos políticos em março de 2021, depois que suas convicções foram anuladas, lidera todas as pesquisas de opinião antes da votação, na qual o presidente Jair Bolsonaro buscará a reeleição.

jha/ocs/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.