22 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Sul-africanos dizem adeus a Desmond Tutu

Sudáfrica, Tutu, homenaje

Sul-africanos dizem adeus a Desmond Tutu

Cidade do Cabo, 30 dez (Prensa Latina) Milhares de sul-africanos hoje prestam homenagem ao saudoso arcebispo Desmond Tutu em frente à Catedral de São Jorge nesta cidade.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Os restos mortais do arcebispo, ganhador do Prêmio Nobel da Paz por sua posição contra o regime do apartheid, estão expostos de hoje até amanhã, sexta-feira, no templo, como parte dos serviços funerários de categoria 1 do Estado.

Esta manhã, já longas filas de pessoas se reuniram para desfilar em frente ao caixão aberto. As autoridades de saúde implementaram protocolos de vigilância rígidos contra Covid-19.

Os restos mortais de Tutu serão enterrados dentro da Igreja depois que ele for cremado.

A esse respeito, o arcebispo anglicano Thabo Makgoba afirma que o público sempre terá a oportunidade de visitar o túmulo de Tutu após seu enterro.

Paralelamente, hoje é realizada uma cerimônia fúnebre na Catedral de Santa Maria, na cidade de Joanesburgo, com a presença de líderes religiosos e dignitários.

No domingo passado, quando Tutu morreu de causas naturais aos 90 anos, o Presidente Cyril Ramaphosa sublinhou que a sua morte constitui “mais um capítulo de luto na despedida da nossa nação a uma geração de destacados sul-africanos que nos legaram uma África do Sul libertada”

Desmond Tutu, disse ele, era um patriota sem igual; um líder de princípios e pragmatismo, um homem de intelecto extraordinário, integridade e invencibilidade contra as forças do apartheid.

Por sua vez, em sua homenagem escrita, o Congresso Nacional Africano (ANC) afirmou que “o grande baobá caiu. A África do Sul e o movimento democrático de massas perderam uma torre de consciência moral e um epítome de sabedoria”.

Tutu, destaca o texto, dedicou sua vida ao serviço do povo sul-africano, incansavelmente à frente dos esforços de libertação de nosso país, bem como do árduo processo de construção de um país comum, que carinhosamente apelidou de Nação Arco-Íris.

Nascido em Klerksdorp, Província do Noroeste, ele foi um líder espiritual de renome internacional, proeminente ativista anti-apartheid e lutador global pelos direitos humanos.

Após sua morte, vários governos, líderes e organizações internacionais expressaram suas condolências e transmitiram suas condolências ao povo e ao governo sul-africano, exaltando os valores do Arcebispo como um paradigma da luta contra a opressão.

mem / mv/bj

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.