13 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Último adeus no Brasil aos indigenista assassinados na Amazônia

Bruno-Araujo

Último adeus no Brasil aos indigenista assassinados na Amazônia

Brasília, 24 jun (Prensa Latina) O velório e cremação do indigenista brasileiro Bruno Araújo, recentemente assassinado na Amazônia junto com o jornalista inglês Dom Phillips, acontecerá hoje em um cemitério no estado de Pernambuco (nordeste).
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O portal G1 garante que esses serviços serão realizados no Cemitério Morada da Paz, no município de Paulista, no Grande Recife, principal região metropolitana da divisão territorial.

Os corpos de Araújo e Phillips, colaborador do jornal The Guardian, que estiveram em Brasília, foram entregues ontem às suas respectivas famílias.

Ambos desapareceram no dia 5 de junho, enquanto faziam uma viagem na terra natal do Vale do Javari, de onde partiram para Atalaia do Norte, embora não tenham chegado ao seu destino.

Seus restos mortais apareceram no dia 15 de junho em uma área indicada pelo pescador detido Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como Pelado, que confessou ter enterrado os corpos perto de Atalaia do Norte, em uma mata às margens do Rio Itacoaí.

Os corpos foram desmembrados, queimados e depois jogados em uma vala.

Outro suspeito, já preso, é o irmão de Pelado, Oseney Oliveira, apelidado de Dos Santos.

A Polícia Federal (PF) informou também no último domingo que, além dos três detidos, outros cinco suspeitos foram identificados como envolvidos no encobrimento dos restos mortais das vítimas.

Tal identificação dos detritos foi possibilitada pelo exame da arcada dentária feito pelos peritos do Instituto Nacional de Criminalistas da PF em Brasília.

Em nota, os especialistas apontaram que as técnicas permitiram estabelecer que o indigenista recebeu tiros na cabeça e no peito, e o comunicador no peito.

Especificaram que a morte de Phillips “foi causada por trauma toracoabdominal por disparo de arma de fogo com munição típica de caça, com múltiplos projéteis, que causou lesões principalmente nas regiões abdominal e torácica”.

A PF informou ainda que o barco em que os dois profissionais viajavam em Itacoaí passa por perícias para tentar entender como o assassinato ocorreu em uma área remota da Amazônia na fronteira com Colômbia e Peru.

Segundo o site, Araújo é considerado um dos maiores especialistas em aldeias isoladas do Brasil, veio para a aula de jornalismo na Universidade Federal de Pernambuco e participaria de um filme inspirado em sua obra.

O corpo de Phillips chegou ao Rio de Janeiro na quinta-feira. Alessandra Sampaio, a viúva, recebeu a aliança encontrada junto com seus remanescentes.

A família informou que as cerimônias fúnebres do jornalista e a cremação de seu corpo acontecerão no domingo, no cemitério Parque da Colina, em Niterói, bairro da cidade do Rio de Janeiro.

dfm/ocs/ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.