7 de December de 2021

NOTICIAS

Número de mortos em protestos no Sudão sobe para quatro

Número de mortos em protestos no Sudão sobe para quatro

Jartum, 26 out (Prensa Latina) Os persistentes protestos contra o levante militar de segunda-feira continuam hoje nesta cidade, capital do Sudão, onde se constatou que as mortes em confrontos entre militares e civis chegaram a quatro.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Um primeiro relatório não oficial da mídia colocou três mortos, incluindo uma mulher, por ferimentos a bala durante combates de rua aqui e na cidade gêmea de Omdurmán, e os feridos em ‘dezenas’.

A principal palavra de ordem dos protestos é ‘voltar ao passado não é uma opção’, referindo-se ao governo do ex-presidente Omar al Bashir, também militar que governou o Sudão por 30 anos.

Com o passar das horas e as denúncias dos protestos, fica mais evidente que o motim militar e a posterior prisão do Primeiro-Ministro do Conselho Soberano de Transição (CST), Abdallah Hamdok, e vários de seus ministros civis nesta segunda-feira buscam dar maior presença aos militares.

Essa noção ficou mais palpável no discurso do presidente do CST, Abdelfatá al Burhan, no qual anunciou que os militares vão ‘supervisionar’ o processo de organização das eleições, previsto para 2023.

Em setembro passado, Hamdok superou a uma tentativa semelhante quando uma unidade blindada e tropas de elite apreenderam vários edifícios do governo nesta capital e em Omdurman.

mem/msl/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.