13 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

França suspendeu temporariamente 3.000 trabalhadores não vacinados

França suspendeu temporariamente 3.000 trabalhadores não vacinados

Paris, 16 de set (Prensa Latina) O ministro da Saúde da França, Olivier Véran, anunciou hoje a suspensão temporária de cerca de três mil trabalhadores do setor saúde, por não apresentarem o certificado de vacinação contra a Covid-19.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Ontem entrou em vigor neste país uma regra que exige a vacinação de todo o pessoal dos estabelecimentos sociais e de saúde do país, o que provocou a perda do trabalho de cerca de três mil pessoas que ainda não tinham administrado o antídoto, a quem se juntaram algumas dezenas de demissões, acrescentou o chefe do setor em declarações ao canal RTL.

Trata-se de um coletivo de 2,7 milhões de colaboradores, mas a continuidade do atendimento está garantida, disse Véran.

No momento, essas suspensões são temporárias e afetam principalmente o pessoal dos serviços de apoio em hospitais, lares de idosos, cuidadores particulares, auxiliares de domicílio, bombeiros e motoristas de ambulância.

Muitos deles decidiram se vacinar, visto que a obrigatoriedade era uma realidade, disse Véran, mas quem não comprovar que tomou a primeira dose ou que passou recentemente a doença não poderá continuar exercendo suas atividades, de acordo com a legislação.

Dados do French Public Health (SpF) indicam que 89,3% dos funcionários empregados em residências para idosos dependentes receberam pelo menos uma dose da vacina até 12 de setembro.

rgh / acm / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.