15 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Integração e cooperação uma prioridade do governo venezuelano

Integração e cooperação uma prioridade do governo venezuelano

Caracas, 13 set (Prensa Latina) O vice-presidente setorial de Planejamento da Venezuela, Ricardo Menéndez, assegurou que a integração e a cooperação internacional são agora uma prioridade na política do governo bolivariano.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em declarações exclusivas à Prensa Latina, o ministro também destacou que desde que o Presidente Hugo Chávez (2002-2013) chegou ao poder, as relações com países em desenvolvimento, organizações regionais e aliados fazem parte da estratégia e da geopolítica do Estado.

‘É muito difícil que existam revoluções sem um novo esquema do ponto de vista da integração, sem criar uma nova estrutura de relações internacionais é impossível avançar, não há possibilidade de se desenvolver isoladamente’, frisou ele.

Menéndez lembrou a esta agência que um dos princípios essenciais do pensamento de Simón Bolívar era precisamente a unidade da América Latina, como eixo essencial para a construção de uma alternativa melhor para os povos da região.

A este respeito, destacou como a Venezuela trabalhou nisto nos últimos 20 anos, criando alianças estratégicas com países como o Irã, com os quais ele disse, ‘aprendemos muito, porque no meio do bloqueio eles conseguiram avançar e se desenvolver, produzindo internamente’.

Também temos relações bem definidas com a Rússia, China, Turquia e outras nações aliadas, que também desempenharam um papel essencial no apoio à batalha contra a pandemia de Covid-19 no ano passado’, disse ele.

‘Mas além disso há um coração, uma fraternidade do ponto de vista deste formato de cooperação e que é a relação com os países membros da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América – Tratado Comercial dos Povos (ALBA-TCP) e especialmente com Cuba’, ele enfatizou.

O Vice-Presidente de Planejamento também enfatizou que atualmente estão em andamento trabalhos para fortalecer as organizações de integração regional que foram vítimas da onda dos governos de direita e que devem retornar às suas funções.

‘Devemos construir nosso próprio roteiro, nosso próprio futuro, mas este sonho será possível não apenas quando avançarmos politicamente, mas também na complementaridade econômica e produtiva, com universidades, centros de pesquisa e cadeias de produção entre nações’, salientou o ministro em seu intercâmbio com a Prensa Latina. mem/ycv/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.