27 de November de 2021

NOTICIAS

Frente de Tigray massacra mais de 100 civis em região da Etiópia

Frente de Tigray massacra mais de 100 civis em região da Etiópia

Addis Abeba, 8 set (Prensa Latina) Forças da Frente de Libertação Popular de Tigray (TPLF) massacrou mais de 100 civis no norte de Gondar, cidade localizada em Amhara, segundo denunciaram hoje as autoridades daquele estado regional da Etiópia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

‘A TPLF (sigla em inglês) cometeu mais uma de suas atrocidades e, como quase sempre acontece, entre suas vítimas estão crianças e idosos’, disse o diretor-geral da Assessoria de Comunicação daquela jurisdição étnica, Gizatchew Muluneh.

‘Sua criminalidade não é nova, faz parte de sua natureza destrutiva. Já assassinou padres indefesos, idosos, mulheres e crianças, sem escrúpulos, em nosso território, em Afar e na própria Tigray’, declarou Muluneh em aparição pública.

‘Sabemos que muito em breve cometerá outros massacres nas áreas onde penetrou com banditismo, se não iniciarem agora as operações contra sua cruel beligerância’, comentou, e exortou à mídia a denunciar os atos desumanos da Frente.

‘Toda a comunidade internacional deve saber quais são as barbáries cometidas por este grupo para que entenda melhor a realidade e aja de acordo’, disse ele

Em novembro de 2020, a Frente atacou o exército federal em Tigray e o primeiro-ministro Abiy Ahmed respondeu com uma ofensiva militar para neutralizá-la e restaurar a legalidade da demarcação.

Desde então, foram iniciados processos judiciais contra líderes do grupo, declarado terrorista pelo Parlamento e supostamente responsável por violações dos direitos humanos, antes e depois do ataque.

No final de junho, o governo decretou um armistício para facilitar o trabalho agrícola e garantir a assistência humanitária, mas a organização o rejeitou e aumentou seus ataques, principalmente contra civis, segundo denúncias oficiais.

Como resultado de suas manobras, desde o final de junho até agora, entre 500.000 e 700.000 cidadãos foram deslocados de suas casas em Afar e Amhara, embora cerca de cinco milhões tenham sido afetados, de acordo com relatórios do governo.

ga/raj/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.