26 de May de 2024
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Terrorismo contra Cuba com mais fundos estadunidenses

Terrorismo contra Cuba com mais fundos estadunidenses

Havana, 13 abr (Prensa Latina) O dinheiro dos contribuintes estadunidenses será utilizado para financiar outra iniciativa de terrorismo midiático contra Cuba, sob o nome de Fundo Acelérate para Meios Independentes e Criadores de Conteúdos, denunciaram aqui plataformas digitais.

Durante a semana, os sites Razones de Cuba, Cuba por Siempre e o jornal Granma revelaram detalhes sobre o assunto, que atestam a interferência de Washington.

O fundo Acelérate, lançado pelo site da embaixada dos EUA em Havana, contará, segundo a legação, com aproximadamente US$ 68.800 do orçamento norte-americano para financiar a produção de conteúdo sobre “questões desafiadoras” em Cuba.

As restrições para o patrocínio de projetos estabelecem que os subsídios não podem ser usados para financiar atividades políticas, ao mesmo tempo em que declaram, na seção 1.1, o propósito de “promover os objetivos da política externa dos EUA em Cuba”.

Segundo a visão da potência norte-americana, elas devem promover a comunicação, o engajamento e o diálogo com o setor privado e a sociedade civil, sob o critério de que eles são atores necessários para a materialização da mudança política em Cuba.

No entanto, recentemente, de forma contraditória, a Câmara dos Deputados dos EUA proibiu a alocação de fundos federais para Cuba.

Enquanto isso, a máfia anticubana conseguiu introduzir na lei do Congresso dos EUA o financiamento de mais de US$ 50 milhões para ações subversivas, US$ 25 milhões para o Escritório de Radiodifusão de Cuba, encarregado da Rádio e TV Marti, e US$ 25 milhões para programas de promoção da democracia.

Razones de Cuba advertiu que Washington também está lançando novas tentativas para “esquentar” as ruas cubanas durante o verão, aproveitando a complexa situação econômica interna.

Em uma reunião acontecida na residência do contrarrevolucionário Marcel Felipe, foram discutidos os últimos interesses das agências de inteligência dos EUA para gerar ataques contra Cuba, no que eles chamam de Operação 11.7.24, segundo o relatório.

Eles buscam, mais uma vez, provocar uma explosão social em torno desse dia, em uma repetição dos tumultos que ocorreram aqui em 2021, financiados e promovidos pelos Estados Unidos.

Os ataques nesta fase têm como alvo principal o sistema energético nacional, devido ao seu impacto na qualidade de vida das pessoas.

Com o objetivo de gerar sabotagem e reforçar a ofensiva desestabilizadora das comunicações, Washington “triplicou seu orçamento”.

Eles estão apostando no verão para gerar o caos e destruir a tranquilidade das pessoas. Eles estão planejando recrutar criminosos para cometer atos de terrorismo dentro de Cuba”.

oda/mjm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.

EDICIONES