16 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Comemoração do Dia dos Afrodescendentes começa na Costa Rica

Comemoração do Dia dos Afrodescendentes começa na Costa Rica

San José, 31 ago (Prensa Latina) Começa hoje na Costa Rica a primeira comemoração do Dia Internacional dos Afrodescendentes, com o objetivo de promover o reconhecimento, a justiça e o desenvolvimento dessa população em todo o mundo.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em 28 de dezembro de 2020, a Assembleia Geral das Nações Unidas – com o apoio de 52 estados membros – aprovou a resolução promovida pelo governo para proclamar o 31 de agosto como o Dia Internacional dos Afrodescendentes, e no dia 2 instituiu o Fórum Permanente de Pessoas de ascendência africana para combater o racismo sistemático.

A primeira vice-presidência da Costa Rica indicou que por isso este país é a sede mundial para a celebração do primeiro Dia Internacional do Afrodescendente, período em que realizarão diversas atividades, transmitidas ao vivo para os demais países do mundo via streaming.

‘Esta comemoração visa promover o respeito pelos direitos humanos e liberdades fundamentais, contribuir para a eliminação de todas as formas de discriminação contra os afrodescendentes e promover a diversidade do patrimônio e as contribuições extraordinárias da Diáspora africana’, destacou a fonte de informação.

Especificou que esta capital e Cahuita -na província caribenha de Limón, onde vive o maior número de afro-costarriquenhos- serão palco de fóruns, conferências, atividades artísticas e culturais de alto nível que acontecerão de hoje até sábado.

A comemoração, destacou, é organizada pelo governo da Costa Rica com o apoio do Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa) e do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, do Departamento de Comunicação Global das Nações Unidas e do Sistema das Nações Unidas na Costa Rica.

‘Esta primeira comemoração internacional é realizada na Costa Rica por ser o país que promove esta celebração, em cumprimento ao compromisso assumido há mais de 100 anos no I Congresso dos Povos Negros do Mundo, quando se propôs celebrar as contribuições do povo afro-americano ‘, disse a primeira vice-presidenta, Epsy Campbell.

Campbell, a primeira afro-costarriquenha a ocupar esse cargo, destacou que esta data reafirma o compromisso com o reconhecimento, a justiça e o desenvolvimento dos afro-descendentes.

Com esta primeira celebração do Dia Internacional dos Afrodescendentes, o UNFPA e a Costa Rica convocam ações para acabar com a desigualdade e a discriminação contra esses povos e comunidades, detalhou a primeira vice-presidência.

‘Onde há exclusão, as sociedades não podem pretender serem justas, equitativas ou desenvolvidas. A Agenda 2030 está explicitamente comprometida em não deixar ninguém para trás e, neste sentido, as ações e os investimentos para o desenvolvimento devem ser direcionados primeiro para aqueles que mais precisam’, exaltou.

msm/ale/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.