11 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Chomsky denunciou que a elite no Brasil despreza os pobres

Chomsky denunciou que a elite no Brasil despreza os pobres

Brasília, 31 ago (Prensa Latina) A elite brasileira hoje tem um ódio profundo contra os mais pobres e a classe trabalhadora, denunciou o cientista político estadunidense Noam Chomsky em entrevista à TV 247.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

‘O Brasil é uma espécie de caso especial. Raramente vi um país em que elementos da elite sentissem tanto desprezo e ódio pelos pobres e pelos trabalhadores. Está arraigado. Não pretendo saber muito sobre isso, mas pela minha experiência limitada, é o que tenho visto ‘, disse Chomsky.

Para o renomado intelectual, o avanço da privatização no gigante sul-americano supõe uma ‘transferência de poder’ da esfera pública para a privada, que não tem obrigação social de beneficiar a população.

A privatização da empresa dos Correios, por exemplo, ‘é mais um passo na destruição do país’, disse o professor.

Ele lembrou que o Brasil tem uma das pessoas que está comprometida com a sua ruína, como é o caso do ministro da Economia, Paulo Guedes, ‘um grande exemplo disso’.

Referiu que o último esforço é privatizar os Correios, pelo menos as partes lucrativas … ‘Essa é a fórmula do Guedes, privatizar tudo’, disse.

Ele ressaltou que esta é a receita: entregar tudo ao poder privado e ao capital internacional. ‘Uma forma de destruir … Ele tinha prática nisso, pois já havia trabalhado na ditadura (de Augusto) Pinochet, que realmente destruiu o país (Chile)’.

Ao empobrecer o povo, as elites entendem profundamente o conceito de luta de classes. A degradação dos mais pobres, através da política de Guedes, favorece a manutenção das classes dominantes no poder, explicou o linguista.

Por outro lado, fez um forte alerta sobre a devastação da Amazônia que, sob o governo de Jair Bolsonaro, atingiu níveis históricos.

Segundo o ativista, o Brasil pode virar um deserto completo se medidas radicais não forem tomadas para proteger o bioma.

‘Ainda mais sério é que cientistas brasileiros descobriram recentemente que o sudeste da Amazônia já passou de sequestrador de carbono a emissor de carbono, muitas décadas antes do previsto, muito antes’, alertou.

Para o filósofo, a redução drástica das chuvas e o aumento das secas severas tornarão as áreas agrícolas mais extensas inutilizáveis. É também um prejuízo grave para todos, mas principalmente para o Brasil. São problemas que não podem ser adiados, refletiu.

‘A menos que o Brasil consiga enfrentar esses problemas, não estará mais

conosco em algumas décadas de forma viável. Então, é claro, isso também significa genocídio para a população indígena, que luta muito e tenta ser ouvida, implorando por apoio’, enfatizou.

mem / ocs / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.