27 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Trabalhadores dos Correios no Brasil em greve contra a privatização

Trabalhadores dos Correios no Brasil em greve contra a privatização

Brasília, 17 ago (Prensa Latina) A Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios, Telégrafos e Empresas Similares (Fentecht) do Brasil chamou uma paralisação contra a privatização da empresa pública.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Segundo o portal Brasil de Fato, a proposta da greve também é convergir com a greve nacional dos servidores, marcada para amanhã contra a reforma administrativa.

Na votação a favor da greve, aprovado na plenária nacional da Fentect, também foi discutido o andamento da campanha salarial 2021/2022.

De acordo com o site da Central Única dos Trabalhadores, também foi convocado um protesto contra a retirada dos artigos do Acordo Coletivo dos trabalhadores dos Correios.

Pelo menos 50 dos 79 benefícios teriam sido eliminados por decisão do Tribunal Superior do Trabalho durante a campanha salarial de 2020.

Após a aprovação, em 5 de agosto, na Câmara dos Deputados, do projeto de lei 591/2021, que privatiza a empresa, a iniciativa foi encaminhada ao Senado Federal.

Brasil de Fato indica que uma das estratégias do Sindicato dos Trabalhadores em empresas de Comunicações Postais (Sinticom) é tentar fazer uma agenda com os três senadores do estado, todos eles do partido Podemos : Álvaro Dias, Flavio Arns e Oriovisto Guimarães.

‘É preciso dialogar com eles e convencê-los de que a privatização dos Correios trará prejuízos para todo o país e deixará milhares de trabalhadores desempregados e outros na mais absoluta precariedade’, disse o Sinticom em nota.

Os trabalhadores chamam a atenção para o risco que corre os Correios, que se tornaria um monopólio privado.

Eles afirmam que a empresa é, ao mesmo tempo, lucrativa, eficiente e radicada em pequenas cidades, prestando serviços desde entrega de medicamentos até boletins de voto.

Recentemente, a Associação dos Profissionais dos Correios do Brasil qualificou de inconstitucional a aprovação pela Câmara do texto-base do projeto de lei de desestatização da empresa.

Para a sociedade, além de inconstitucional, a iniciativa pode trazer ‘graves riscos para os cidadãos e empresas brasileiras, que podem ficar ainda mais reféns de um modelo de serviço postal mais caro e menos presente do que o atual’.

O parlamentar Iván Valente denunciou que a venda afetaria a segurança nacional, já que ‘vacinas, exames do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) e urnas eletrônicas’ passam pelos Correios. No momento, o caso está sendo analisado pelo Supremo Tribunal Federal.

msm / ocs / cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.