18 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Defendem nos EUA a fabricação de vacinas para a próxima pandemia

Defendem nos EUA a fabricação de vacinas para a próxima pandemia

Washington, 26 jul (Prensa Latina) Especialistas e cientistas dos Estados Unidos defendem hoje a fabricação de vacinas 'protótipos' para proteger contra 20 famílias de vírus frente aos efeitos devastadores da pandemia Covid-19.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O Dr. Anthony S. Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, promove um plano ambicioso e caro para se preparar para esses cenários de pesadelo, de acordo com declarações citadas pela imprensa.

Se financiado, um programa do governo que custa vários bilhões de dólares poderia desenvolver vacinas para lidar com ameaças futuras, observou Fauci.

Custaria ‘alguns bilhões de dólares’ por ano, levaria cinco anos para obter a primeira safra de resultados e teria uma equipe enorme de cientistas, disse ele.

Nesse sentido, o Dr. Francis Collins, diretor do National Institutes of Health, também considerou provável que os fundos necessários sejam alocados e qualificou o projeto como ‘convincente’.

Uma reportagem do jornal The New York Times sobre o assunto especificou que se um novo vírus que se espalha de animais para pessoas fosse detectado, a lógica diz que os cientistas poderiam pará-lo imunizando as pessoas no surto, fabricando rapidamente o protótipo da vacina.

O Dr. Barney Graham, vice-diretor do Centro de Pesquisa de Vacinas do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, entre outros especialistas, é um daqueles que acha que chegou a hora de enfrentar o desafio, avançar na pesquisa e produzir rapidamente protótipos de vacinas .

Isso é o que a preparação para uma pandemia pode fazer, disse Fauci, que gostaria, disse ele, de ter vacinas protótipo para 10 das 20 famílias de vírus nos primeiros cinco anos de trabalho.

Os esforços dos cientistas foram reiterados nesta segunda-feira quando os Estados Unidos atingiram 610.891 mortes devido à Covid-19 e há discrepâncias sobre as pessoas que se recusam a receber as vacinas.

A partir desta manhã, 56,8 por cento da população estadunidense recebeu pelo menos uma dose da vacina e 49,1 por cento estão totalmente vacinados, de acordo com o rastreador global de vacinas da Bloomberg News.

mem / lb/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.