30 de November de 2021

NOTICIAS

OPEP + pode estender cortes de bombeamento de petróleo

OPEP + pode estender cortes de bombeamento de petróleo

Viena, 30 jun (Prensa Latina) A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados (OPEP+) poderia estender seus cortes de bombeamento de petróleo para além de abril de 2022, disseram hoje porta-vozes.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O relatório veio depois que um painel do grupo advertiu sobre as incertezas significativas e o risco de uma saturação bruta no próximo ano.

A OPEP+ concordou com uma redução recorde no bombeamento de 10 milhões de barris por dia (bpd), a partir de maio de 2020, que será gradualmente levantada no final de abril de 2022.

Nesse sentido, a gestão ativa da oferta da OPEP+ respondeu ao colapso da demanda à medida que as economias fecharam para conter a propagação da Covid-19. A partir de julho, os cortes de fornecimento ainda serão de 5,8 milhões de bpd.

O Comitê Técnico Conjunto (JTC) disse em um relatório que esperava uma saturação até o final de 2022, com base em vários cenários de oferta e demanda.

Essa afirmação indicava que o mercado estaria em déficit no curto prazo, mas haveria uma saturação quando os cortes de abastecimento da OPEP+ terminassem. O banco americano Goldman Sachs previu preços médios de US$ 57,50 por barril no segundo trimestre e a Stratas Advisors, uma empresa de consultoria, fez a aposta mais ousada em US$ 60.

Considerando que os preços chegaram a US$ 75 por barril em junho, os especialistas mais precisos preveem uma nova recuperação impulsionada pela recuperação da demanda e da oferta restrita.

Goldman Sachs Commodities Research observou que é necessária mais produção da OPEP+ para equilibrar o mercado antes de 2022, devido aos riscos de abastecimento em outros lugares.

A demanda de petróleo aumentará em mais 2,2 milhões de barris por dia (mbpd) antes do final do ano, deixando um deficit de fornecimento de cinco mbpd.

Estas previsões estão bem acima do que o Irã e os produtores de xisto podem contribuir, o banco dos EUA projetou em uma nota.

O Secretário-Geral da OPEP, Mohammad Barkindo, estava otimista e disse que o grupo espera um aumento da demanda de seis mbpd em 2021.

mgt/rfc/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.