2 de July de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Mulheres esterilizadas protestam para exigir justiça no Peru

Mulheres esterilizadas protestam para exigir justiça no Peru

Lima 11 Mai (Prensa Latina) Mulheres esterilizadas à força em um programa massivo do governo violento de Alberto Fujimori (1990-2000), pai da atual candidata presidencial, Keiko Fujimori, protestarão hoje no Peru exigindo justiça.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Representantes das afetadas que chegaram das regiões de Piura e Cajamarca ao norte, das regiões andinas centrais de Cusco, Ayacucho e Huancavelica, das regiões amazônicas de San Martín e Ucayali, participarão como seus homólogos da capital na manifestação a ser realizada em frente ao Palácio da Justiça, sede dos tribunais.

A Associação de Mulheres Atingidas por Esterilizações Forçadas, organizadora do protesto, especificou que afirmará que ‘estamos lutando há 25 anos e continuamos nos mobilizando pela Verdade, Justiça e Reparação’.

O grupo denunciou que as audiências anteriores ao julgamento do ex-presidente Fujimori e de vários de seus ministros da Saúde estão ocorrendo apesar da demora nas manobras dos advogados.

O defensor de Fujimori Sr César Nakazaki, busca a prescrição do crime, alegando que já se passaram mais de 15 anos desde a execução de tais atos.

O Ministério Público considera que as esterilizações forçadas de cerca de 300 mil mulheres pobres e indígenas, segundo a Ouvidoria, violaram os direitos humanos, portanto o caso é imprescritível.

Em seu relatório, resultado de uma longa investigação, o promotor apresentou 182 indícios de culpa dos acusados, portanto, segundo a associação das vítimas, o juiz responsável deve iniciar o julgamento para conseguir a justiça esperada para as mulheres atingidas.

O processo em andamento refere-se a apenas 1.312 vítimas do oficialmente denominado Programa de Anticoncepção Cirúrgica Voluntária, apresentado como plano de planejamento familiar.

Além de Fujimori, o promotor acusa seus ex-ministros da Saúde Eduardo Yong, Marino Costa e Alejandro Aguinaga de ferimentos graves e fatais.

A Associação de Vítimas também condenou a intenção da candidata presidencial Keiko Fujimori de, se eleita, perdoar seu pai, que cumpre pena de 25 anos por crimes contra a humanidade e corrupção.

Ao mesmo tempo, o grupo anunciou que deseja dialogar com o candidato de esquerda Pedro Castillo, rival de Fujimori na votação de 6 de junho, para exigir que garanta justiça e as devidas indenizações às vítimas.

jha/sra/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.