6 de December de 2021

NOTICIAS

Sérvia processa a Croácia por ato agressivo

Sérvia processa a Croácia por ato agressivo

Belgrado, 3 mai (Prensa Latina) O Ministério do Interior Sérvio exigiu hoje das autoridades homólogas croatas uma explicação sobre um novo ato agressivo contra cidadãos sérvios em uma localidade do país vizinho.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em uma nota assinada pelo chefe do ministério, Aleksandar Vulin, o incidente ocorreu em 1ú de maio na comuna de Borovo, município de Vukovar, habitado principalmente por sérvios, quando um grupo de jovens passou pelas ruas entoando ameaças.

Relatórios da imprensa indicam que eles eram fãs do clube de futebol Dínamo cantando ‘Oh, mãe Croácia, vamos massacrar os sérvios’.

De acordo com o relatório, o incidente tornou-se mais relevante e irritante porque os perpetradores estavam sempre acompanhados por carros da polícia.

‘O vandalismo Ustasha (fascista) em lugares na Croácia onde vivem sérvios não é notícia, mesmo quando pede a morte na Páscoa ortodoxa, mas é notícia que a polícia croata segue mansamente bandidos e covardes, enquanto ameaça os sérvios em Borovo Selo com massacre e matando-os’, apontou Vulin.

Ele disse que através dos canais oficiais ele pediu a seus colegas croatas uma explicação do incidente e a veracidade do conteúdo das filmagens publicadas, além de fazer todo o possível para garantir que esses fanáticos e os policiais que os guardam sejam punidos.

O fato de haver ustas não diz nada de novo sobre os croatas e/ou seu Estado, mas se eles e os policiais que os protegem não são punidos, isso dirá muito, tanto sobre seus cidadãos quanto sobre o país, disse o chefe de Estado na nota oficial às autoridades de assuntos internos de seu vizinho.

mem/rmh/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.