6 de July de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Retirada de fundos de pensão é promulgada no Chile

Retirada de fundos de pensão é promulgada no Chile

Santiago do Chile, 28 abr (Prensa Latina) Depois de prolongados confrontos entre o Governo e o Legislativo, milhões de chilenos estão hoje mais perto de ter acesso a uma terceira retirada de 10% de suas poupanças previdenciárias.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A promulgação dessa medida, aprovada pelo parlamento e rejeitada pelo governo, do qual um apelo ao Tribunal Constitucional (TC) chegou a ser feito pelo próprio presidente Sebastián Piñera ontem, após sofrer forte derrota naquela instância.

O TC, por uma votação de sete a três, rejeitou o desafio do governo, que deixou o presidente com muito pouco espaço para ação em meio à rejeição geral da maioria da população e do mundo político, incluindo setores do partido no poder. A outra opção que lhe restou foi vetá-lo, mas de suas próprias fileiras pediram-lhe que não desse esse passo, dada a possibilidade de aprofundar ainda mais o descrédito do governo.

Após reunião com seu Comitê Político, o presidente anunciou a promulgação da reforma, e a retirada de um projeto alternativo apresentado por ele no domingo para uma terceira retirada de fundos de pensão e que acabava de entrar na Câmara dos Deputados.

Em vez disso, entregará para discussão parlamentar nos próximos dias, um novo projeto que inclui vários temas contidos em sua proposta e não naquele que foi finalmente aprovado.

O presidente, que fez de tudo para evitar que 10% dos fundos de pensão fossem acessíveis à população, disse agora que o Executivo ‘fará todo o possível para que esses recursos cheguem à população a partir da próxima semana’.

Por fim, chamou ‘todos nós que temos liderança e responsabilidades políticas’ a agirmos com boa vontade, capacidade de diálogo e amplos acordos para ‘construirmos juntos um futuro melhor para todos’.

Os analistas consideraram que precisamente esta falta de diálogo e a relutância em ouvir os setores mais amplos, tanto da oposição como dentro das suas próprias fileiras, conduziram em grande medida à derrota política sofrida pelo governo.

Mesmo a decisão do Tribunal Constitucional – apontam eles – foi fruto de uma política errática e de não avaliar na sua devida dimensão os efeitos que poderiam ter sido remetidos ao TC um projeto aprovado com mais de dois terços no Congresso Nacional.

Além de ter sido criticado na época por quase todos os partidos políticos, a exigência apresentada gerou uma onda de protestos no país com cacerolaços, barricadas nas ruas e até mesmo a convocação de uma greve geral para esta sexta-feira.

Pelo mesmo motivo, o apoio da população à gestão do presidente é hoje de apenas nove por cento, o nível mais baixo de todo o seu mandato, conforme revelou esta segunda-feira o inquérito semanal Praça Pública, junto ao partido no poder.

mem / rc / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.