6 de December de 2021

NOTICIAS

Condenação por corrupção em Angola

Condenação por corrupção em Angola

Luanda 12 Abr (Prensa Latina) O fenômeno da corrupção em Angola voltou hoje a ocupar o primeiro plano na agenda dos meios de comunicação nacionais, quando se conheceu a decisão do tribunal contra dois ex-funcionários públicos próximos da cúpula do governo anterior.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A agência noticiosa Angop, o jornal Jornal de Angola, as principais emissões de rádio e televisão, bem como diversos sites digitais destacaram a sentença proferida pela câmara criminal do Supremo Tribunal contra o ex-diretor do extinto gabinete de revitalização e marketing da Administração (Grecima), Manuel Rabelais.

Segundo os relatos, o recluso foi condenado a 14 anos e seis meses de prisão, enquanto o seu auxiliar, Hilário dos Santos, foi condenado na pena privativa de liberdade por 10 anos e seis meses; além disso, ambos terão que pagar altas multas judiciais.

Pesaram sobre eles as acusações de crimes de peculato continuado e de lavagem de dinheiro, que envolveram peculato no montante equivalente a 98 milhões e 141 mil e 632 euros, devido a operações fraudulentas durante 2016 e 2017.

Para facilitar o processo judicial, a Assembleia Nacional procedeu em outubro de 2020 à retirada do mandato de Rabelais como deputado e, consequentemente, da sua imunidade parlamentar.

De acordo com o Ministério Público, o ex-diretor da Grecima utilizou seus poderes no cargo para montar um esquema fraudulento que permitia a troca de moeda nacional por moeda estrangeira, parte da qual era enviada ao exterior em benefício pessoal dos envolvidos.

O El Grecima (2012-2017) deverá responder aos propósitos de promoção da imagem do país e dos seus dirigentes no estrangeiro através dos meios de comunicação ocidentais, disse o Jornal de Angola.

Segundo o jornal, os advogados de defesa já interpuseram recursos, passíveis de apreciação pelo plenário do STF, como primeiro passo na cadeia judicial.

jcm/mjm/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.