Opinión

Eleições nos EUA: chegou a hora da mudança?Washington, 16 mar (Prensa Latina) As eleições nos Estados Unidos poderiam dar a pauta para que este ciclo se inverta, para que talvez haja a derrota do presidente Donald Trump e os sistemas políticos possam recuperar o impulso democrático para se salvarem, consideram hoje analistas.


Por Luis Beatón *

Havana, (Prensa Latina) Com a certeza de levar um candidato à presidência dos Estados Unidos, os democratas agora valorizam uma mulher como membro da cédula que desafiará o republicano Donald Trump em novembro.



Proibição de vôos chárter a Cuba danifica a famílias cubanasHavana, 10 mar ( Prensa Latina) A proibição por Estados Unidos dos vôos chárter a Cuba, excepto a Havana, a partir de hoje, danifica duramente às famílias cubanas e seus vínculos, assegurou o ministro de Relações Exteriores Bruno Rodríguez.


Santiago de Chile, 8 mar (Prensa Latina) Centenas de milhares de chilenas marcharão hoje nesta capital e outras cidades do país em uma demonstração da potência do movimento feminista na reivindicação dos direitos desse setor da sociedade.


Washington, 6 de março (Prensa Latina) O abandono da senadora Elizabeth Warren nas primárias dos EUA, depois de seus maus resultados na super terça-feira, devolve as opções democratas à tradição: Bernie Sanders e Joe Biden, dois homens brancos em idade avançada.


Por Waldo Mendiluza

Paris, 5 de março (Prensa Latina) A diplomacia cultural e de paz da Venezuela saiu vitoriosa diante do bloqueio e das sanções unilaterais para tentar isolá-la, disse hoje o embaixador do país sul-americano na Unesco, Héctor Constant.


Por Elizabeth Borrego Rodriguez

Havana, 4 de março (Prensa Latina) Cuba lembra hoje o 60ú aniversário da explosão de vapor francesa La Coubre no porto de Havana, fato denunciado como uma das primeiras ações bélicas dos Estados Unidos contra a nascente Revolução.


Havana, (Prensa Latina) O que não conseguiu o momento de pior tensão comercial entre China e Estados Unidos, nem a escalada de tensões entre Washington e Teerã pelo assassinato do general iraniano Qasem Soleimani, conseguiu um agente microscópico.


Tráfico de armas nos EUA para o México, um arquivo antigoPor Luis Manuel Arce

México, (Prensa Latina) Com o êxodo de migrantes da América Central para os Estados Unidos através do México como rota obrigatória, a antiga questão da transferência de armas das fábricas e arsenais dos EUA é reintegrada nas mesas bilaterais de negociação.


Washington, 19 fev (Prensa Latina) O governo de Estados Unidos reafirmou a negativa primeiramente ao país a empresários de Espanha por manter vínculos comerciais com Cuba, ao amparo do Título III da Lei Helms-Burton, difundiu hoje a revista Preferente.