Interior Bolivia

La Paz, 11 out (Prensa Latina) Mais de 10 países participam do Seminário Internacional Revitalização de Línguas Indígenas na América Latina - Boas Práticas, que se desenvolve hoje na cidade boliviana de Cochabamba.


La Paz, 11 Out (Prensa Latina) O presidente da Bolívia, Evo Morales, destacou hoje a contribuição das mulheres na construção de um país melhor, como homenagem a esse setor da população em seu dia.


La Paz, 9 Out (Prensa Latina) A Bolívia impulsiona o desenvolvimento da energia nuclear pacífica para beneficiar os setores de saúde, indústria, ciência e tecnologia, realçaram hoje aqui especialistas no tema.


La Paz, 9 out (Prensa Latina) A renda por serviço do satélite Túpac Katari 1 (TKSAT-1) chegam hoje a 100 milhões de dólares, informou o diretor executivo da Agência Boliviana Espacial (ABE), Iván Zambrana. O funcionário público declarou ao jornal local Cambio que a cifra representa um terço do investimento inicial de 302 milhões de dólares e que o total cobre os custos de funcionamento do satélite.


La Paz, 8 Out (Prensa Latina) O presidente da Bolívia, Evo Morales, assinalou hoje que o Banco Mundial confirma um crescimento econômico da nação de 4,5 por cento, o qual a manteria por quinto ano consecutivo como líder da América do Sul.


Haia, Países Baixos, 1 out (Prensa Latina) O presidente Evo Morales destacou hoje a unidade dos bolivianos em torno da demanda marítima, a poucas horas de conhecer-se a decisão da Corte Internacional de Justiça (CIJ) sobre a mesma.


La Paz, 29 set (Prensa Latina) O Estado boliviano é exemplo hoje na região de como manejar uma política macroeconômica muito ordenada e inclusiva, realçou a Comissão Econômica para América Latina e o Caribe (Cepal).


La Paz, 27 set (Prensa Latina) A Bolívia celebrará hoje o Dia Mundial do Turismo com atividades culturais que terão Sucre como sede, cidade situada no altiplano do sul do país, informou a ministra de Culturas, Wilma Alanoca.


La Paz, 23 set (PRENSA LATINA) O presidente Evo Morales afirmou hoje que Bolívia se converteria no coração energético de Suramérica para o 2025, ano no qual se espera uma geração de energia de nove mil megavatios (MW).


La Paz (Prensa Latina) Em 1879, a Bolívia não perdeu só seu acesso ao mar, 120 mil quilômetros quadrados de territórios ricos em minérios e 400 km de costa, mas também a oportunidade de exportar cobre, lítio, prata e outros recursos de grande valor no mercado mundial.