Economía

Guatemala, 16 (Prensa Latina) Construção, administração pública, defesa e exploração de minas e jazidas aparecem hoje como os setores mais vulneráveis ao problema da corrupção na Guatemala, elevando os custos de operação para os negócios.


Quito, 16 jul (Prensa Latina) O Equador receberá financiamento para o desenvolvimento de seis projetos através de um acordo subscrito com o Banco de Desenvolvimento Interamericano (BID) na Assembleia de Governadores da instância, que se desenvolve desde hoje neste país.


Havana, 16 jul (Prensa Latina) Cuba defenderá princípios como a não ingerência nos assuntos internos dos estados e o direito à paz num encontro preparatório da próxima Cúpula do Movimento de Países não Alinhados (NOAL).



Guatemala, 16 (Prensa Latina) Construção, administração pública, defesa e exploração de minas e jazidas aparecem hoje como os setores mais vulneráveis ao problema da corrupção na Guatemala, elevando os custos de operação para os negócios.


Brasília, 15 jul (Prensa Latina) O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) no Brasil cresceu 0,54 por cento em maio em comparação com o mês anterior, segundo dados divulgados hoje pela entidade financeira.


Berlim, 15 jul (Prensa Latina) O Ministério da Economia alemão estimou hoje como moderado o crescimento do país durante o segundo trimestre devido às guerras comerciais, a saída do Reino Unido do bloco continental e as tensões geopolíticas.


Bruxelas, 15 jul (Prensa Latina) O comissário europeu de Agricultura, Phil Hogan, defendeu hoje um acordo comercial do bloco com o Mercosul, que enfrenta uma onda de críticas de diversos setores deste continente.


La Paz, 15 de julho (Prensa Latina) A Bolívia está fazendo progresso hoje em seus esforços para exportar carne bovina para a Rússia, uma vez que as recomendações feitas por uma comissão do país da Eurásia no início do ano foram concluídas após a inspeção do sistema de produção.


Panamá, 15 jul (Prensa Latina) O Panamá Geisha, considerado por alguns especialistas o melhor café do mundo, impôs hoje um novo recorde ao registrar 177 compradores interessados no leilão eletrônico que acontecerá amanhã.


Beijing, 15 jul (Prensa Latina) A economia da China cresceu 6,3% no primeiro semestre de 2019, uma cifra moderada mas estável considerando o panorama comercial atual, informou hoje o Birô Nacional de Estatísticas (*BNS).