Mas leidas

Por Benito Joaquín Milanés, Enviado especial

Pyongyang, 3 jul (Prensa Latina) Com um grandioso comício de solidariedade no Centro Cultural Chullima, na histórica colina metropolitana Mansu, começou hoje aqui um mês de solidariedade a Cuba.


Abuja, 5 mar (Prensa Latina) A União Européia (UE) e a Alemanha aprovaram um novo pacote financeiro no valor de 33 milhões de euros para respaldar hoje novos projetos no setor elétrico da Nigéria, especialmente das energias renováveis.


Abuja, 5 mar (Prensa Latina) A União Européia (UE) e a Alemanha aprovaram um novo pacote financeiro no valor de 33 milhões de euros para respaldar hoje novos projetos no setor elétrico da Nigéria, especialmente das energias renováveis.


Abuja, 5 mar (Prensa Latina) A União Européia (UE) e a Alemanha aprovaram um novo pacote financeiro no valor de 33 milhões de euros para respaldar hoje novos projetos no setor elétrico da Nigéria, especialmente das energias renováveis.


Abuja, 5 mar (Prensa Latina) A União Européia (UE) e a Alemanha aprovaram um novo pacote financeiro no valor de 33 milhões de euros para respaldar hoje novos projetos no setor elétrico da Nigéria, especialmente das energias renováveis.


07 de marzo de 2018, 15:27Madri, 7 mar (Prensa Latina) O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) qualificou hoje de miserável a decisão do governo conservador de MarianoÂáRajoyÂáde vetar a tramitação parlamentar de sua reforma da Lei de Memória Histórica.


07 de marzo de 2018, 15:27Madri, 7 mar (Prensa Latina) O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) qualificou hoje de miserável a decisão do governo conservador de MarianoÂáRajoyÂáde vetar a tramitação parlamentar de sua reforma da Lei de Memória Histórica.


07 de marzo de 2018, 15:27Madri, 7 mar (Prensa Latina) O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) qualificou hoje de miserável a decisão do governo conservador de MarianoÂáRajoyÂáde vetar a tramitação parlamentar de sua reforma da Lei de Memória Histórica.


Brasília, 15 mar (Prensa Latina) Grande comoção provocou hoje no Brasil o assassinato da vereadora do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e ativista pelos direitos humanos Marielle Franco, que se opunha à militarização no Rio de Janeiro.


Brasília, 15 mar (Prensa Latina) Grande comoção provocou hoje no Brasil o assassinato da vereadora do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e ativista pelos direitos humanos Marielle Franco, que se opunha à militarização no Rio de Janeiro.


Brasília, 15 mar (Prensa Latina) Grande comoção provocou hoje no Brasil o assassinato da vereadora do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e ativista pelos direitos humanos Marielle Franco, que se opunha à militarização no Rio de Janeiro.