Mas leidas

Paris, 6 jun (Prensa Latina) As duplas dos colombianos Juan Sebastián Cabal e Robert Farah, e a dos argentinos Guido Pella e Diego Schwartzman tentarão hoje chegar às semi-finais do torneio de duplas do Roland Garros de tênis.


Paris, 6 jun (Prensa Latina) As duplas dos colombianos Juan Sebastián Cabal e Robert Farah, e a dos argentinos Guido Pella e Diego Schwartzman tentarão hoje chegar às semi-finais do torneio de duplas do Roland Garros de tênis.


Paris, 6 jun (Prensa Latina) As duplas dos colombianos Juan Sebastián Cabal e Robert Farah, e a dos argentinos Guido Pella e Diego Schwartzman tentarão hoje chegar às semi-finais do torneio de duplas do Roland Garros de tênis.


Paris, 6 jun (Prensa Latina) As duplas dos colombianos Juan Sebastián Cabal e Robert Farah, e a dos argentinos Guido Pella e Diego Schwartzman tentarão hoje chegar às semi-finais do torneio de duplas do Roland Garros de tênis.


Paris, 6 jun (Prensa Latina) As duplas dos colombianos Juan Sebastián Cabal e Robert Farah, e a dos argentinos Guido Pella e Diego Schwartzman tentarão hoje chegar às semi-finais do torneio de duplas do Roland Garros de tênis.


Paris, 6 jun (Prensa Latina) As duplas dos colombianos Juan Sebastián Cabal e Robert Farah, e a dos argentinos Guido Pella e Diego Schwartzman tentarão hoje chegar às semi-finais do torneio de duplas do Roland Garros de tênis.


Lima, 22 mai (Prensa Latina) Um rastro de tensões e ataques ficou hoje no Peru depois do presidente Martín Vizcarra ter se dirigido ao parlamento, de maioria opositora neoliberal, apesar de parecer que ainda haja espaço para conciliação. O mandatário recebeu duros ataques de diversas origens, por cancelar a participação do primeiro-ministro Salvador del Solar e do titular de Justiça, Vicente Zeballos, em uma sessão da comissão legislativa dedicada às reformas políticas promovidas pelo Governo e negadas por esse setor da oposição.


Lima, 22 mai (Prensa Latina) Um rastro de tensões e ataques ficou hoje no Peru depois do presidente Martín Vizcarra ter se dirigido ao parlamento, de maioria opositora neoliberal, apesar de parecer que ainda haja espaço para conciliação. O mandatário recebeu duros ataques de diversas origens, por cancelar a participação do primeiro-ministro Salvador del Solar e do titular de Justiça, Vicente Zeballos, em uma sessão da comissão legislativa dedicada às reformas políticas promovidas pelo Governo e negadas por esse setor da oposição.


Lima, 22 mai (Prensa Latina) Um rastro de tensões e ataques ficou hoje no Peru depois do presidente Martín Vizcarra ter se dirigido ao parlamento, de maioria opositora neoliberal, apesar de parecer que ainda haja espaço para conciliação. O mandatário recebeu duros ataques de diversas origens, por cancelar a participação do primeiro-ministro Salvador del Solar e do titular de Justiça, Vicente Zeballos, em uma sessão da comissão legislativa dedicada às reformas políticas promovidas pelo Governo e negadas por esse setor da oposição.


Lima, 22 mai (Prensa Latina) Um rastro de tensões e ataques ficou hoje no Peru depois do presidente Martín Vizcarra ter se dirigido ao parlamento, de maioria opositora neoliberal, apesar de parecer que ainda haja espaço para conciliação. O mandatário recebeu duros ataques de diversas origens, por cancelar a participação do primeiro-ministro Salvador del Solar e do titular de Justiça, Vicente Zeballos, em uma sessão da comissão legislativa dedicada às reformas políticas promovidas pelo Governo e negadas por esse setor da oposição.