20 de July de 2024
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Mais drones na China, economia de baixa altitude continua a crescer

Mais drones na China, economia de baixa altitude continua a crescer

Beijing, 10 de jul (Prensa Latina) A China informou hoje cerca de 608 mil novos veículos aéreos não tripulados no primeiro semestre de 2024, evidência da ascensão da indústria de drones e da economia de baixa altitude.

Isto foi confirmado por Song Zhiyong, chefe da Administração da Aviação Civil, que garantiu ainda que este valor representa um aumento de 48 por cento face ao registrado no final de 2023.

Por outro lado, “o tempo acumulado de voo dos veículos aéreos não tripulados atingiu quase 9,82 milhões de horas no primeiro semestre de 2024, um aumento de 134 mil horas face ao mesmo período do ano passado”, acrescentou.

Na opinião do especialista, estes dados indicam que a chamada economia de baixa altitude da China está numa fase de rápido desenvolvimento.

Segundo Song, a Administração irá otimizar ainda mais os padrões técnicos do setor e orientar as autoridades locais na melhoria do planeamento e construção de infraestruturas para a utilização de drones.

“Serão também feitos esforços para melhorar as capacidades de comunicação, navegação e vigilância dos veículos aéreos não tripulados de baixa altitude e serão estabelecidas regras operacionais e políticas regulatórias de segurança para diferentes atividades de voo”, acrescentou.

De acordo com um relatório recente do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação, a economia de baixa altitude atingiu 505,95 bilhões de yuans (cerca de 70,92 bilhões de dólares americanos) em 2023, um valor que deverá ultrapassar 1 bilião de yuans até 2026.

Esse ministério emitiu um documento que propõe até 2030 a integração completa dos equipamentos da aviação geral em todos os aspetos da produção e da vida das pessoas.

Na verdade, a China dá hoje prioridade à economia de baixa altitude como um dos seus novos motores de crescimento, no meio de um forte impulso à inovação científico-tecnológica.

Segundo especialistas, o aumento significativo do número de drones e de áreas de teste para aviação não tripulada confirma que este é um novo oceano azul para o desenvolvimento industrial do país.

Por exemplo, na cobertura do shopping Star River World, na cidade de Shenzhen, drones sobem e descem para completar a entrega de comida aos clientes.

Em Pingdu, Qingdao, os agricultores utilizam drones de pulverização para plantar e fertilizar, poupando tempo e esforço na gestão do campo.

oda/idm / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.

EDICIONES