19 de July de 2024
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Presidente do Quênia endurece o tom em resposta aos protestos

William-Ruto-1-2

Presidente do Quênia endurece o tom em resposta aos protestos

Nairóbi, 26 jun (Prensa Latina) Se no início da semana o presidente queniano, William Ruto, chamou ao diálogo com os manifestantes contrários ao plano de austeridade, no dia anterior advertiu que usaria todos os seus recursos para restaurar a calma, que hoje prevalece aqui.

A capital viveu uma terça-feira caótica, durante a qual manifestantes furiosos tentaram invadir o prédio do parlamento, onde o aumento de impostos proposto pelo presidente estava sendo debatido, e foram violentamente repelidos pela polícia.

Além disso, a imprensa informou que a sede da Aliança Democrática Unida, a coalizão que levou Ruto à presidência, que ele ocupa desde setembro de 2022 após uma eleição marcada por violência e alegações de fraude, foi atacada e incendiada na cidade de Embu (centro).

Os eventos de terça-feira marcaram um ponto de inflexão crítico na maneira como respondemos a ameaças graves à nossa segurança nacional a qualquer custo, disse o presidente no dia anterior em um discurso televisionado para todo o país. Ele disse que a nação havia mobilizado todos os seus recursos para garantir a todo custo que tal situação não ocorresse novamente.

No entanto, ele reiterou o pedido de diálogo aos organizadores dos protestos, liderados por um movimento juvenil sem precedentes chamado Y, ao qual prometeu a criação de uma estrutura “para que as negociações sejam processadas e seus acordos implementados”.

No entanto, nossas discussões (…) devem ser realizadas e conduzidas de uma forma que respeite os valores fundamentais sobre os quais nossa nação foi construída, continuou ele.

A maçã da discórdia, o projeto de lei que aumenta vários impostos e cria outros, já foi aprovado com modificações pelo legislativo e aguarda a assinatura do presidente para entrar em vigor.

Os primeiros surtos de violência no início da semana obrigaram o governo a descartar duas das propostas, um aumento do IVA sobre o pão e um imposto sobre a propriedade de automóveis, mas o gesto conciliatório foi insuficiente e os protestos continuaram com mortes e centenas de prisões.

kmg/msl/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.

EDICIONES