18 de April de 2024
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Volker Türk pede o fim da carnificina em Gaza

volker-turk-pede-o-fim-da-carnificina-em-gaza/

Volker Türk pede o fim da carnificina em Gaza

Genebra, Suíça, 29 fev (Prensa Latina) O Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Volker Türk, pediu nesta quinta-feira o fim do conflito em Gaza, descrevendo "os horrores que se desenrolam diante de nossos olhos".

Ao lançar aqui um relatório sobre a situação das garantias fundamentais no território palestino ocupado, o funcionário da ONU descreveu a ofensiva israelense no enclave como uma carnificina.

Türk exigiu responsabilidade e pesquisas sobre as claras violações da lei humanitária internacional e possíveis crimes de guerra cometidos por Israel, ao mesmo tempo em que apontou o grupo Hamas como responsável pela ofensiva lançada em 7 de outubro.

Pelo menos três em cada quatro habitantes de Gaza foram deslocados pela guerra em meio à demolição sistemática de bairros inteiros, disse ele, denunciando um nível sem precedentes de mortes.

Quase 17.000 crianças ficaram órfãs ou foram separadas de suas famílias, enquanto os ataques indiscriminados e desproporcionais das forças de defesa israelenses deixaram dezenas de milhares de habitantes de Gaza desaparecidos ou enterrados sob os escombros de suas casas, acrescentou.

O alto comissário para direitos humanos disse que Tel Aviv tinha lançado milhares de toneladas de munições em comunidades de Gaza desde 7 de outubro.

“Essas armas enviam uma enorme onda de choque de alta pressão que pode romper órgãos internos, bem como projéteis de fragmentação e calor tão intenso que causa queimaduras profundas, e têm sido usadas em bairros residenciais densamente povoados”, alertou.

Türk contou que testemunhou as consequências de seu efeito devastador quando visitou o hospital Arishm, no Egito, e viu crianças cuja carne havia sido queimada.

“Nunca me esquecerei disso”, disse o representante sênior ao fórum.

O chefe de direitos humanos da ONU alertou sobre os efeitos de um ataque terrestre israelense em Rafah, onde 1,5 milhão de pessoas estão abrigadas, apesar do bombardeio contínuo.

Isso representaria uma perda potencialmente maciça de vidas, um risco adicional de crimes de atrocidade, mais deslocamento para outro local de distribuição inseguro e assinaria uma sentença de morte para qualquer esperança de ajuda humanitária eficaz, observou ele.

“Não vejo como tal operação poderia ser consistente com as medidas provisórias obrigatórias emitidas pela Corte Internacional de Justiça”, insistiu.

ro/ebr

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.

EDICIONES