18 de April de 2024
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Acusam Israel de maus tratos e tortura de mulheres em Gaza

Gaza-Mujeres-1-2

Acusam Israel de maus tratos e tortura de mulheres em Gaza

Ramallah, 27 fev (Prensa Latina) O Monitor Euro-Mediterrâneo de Direitos Humanos denunciou hoje a violência sexual, a tortura e o tratamento desumano a que foram submetidos as prisioneiras palestinas pelo Exército israelense na Faixa de Gaza.

Num novo relatório, a organização não governamental documentou testemunhos sobre os maus tratos às mulheres tanto no terreno como nas prisões daquele país.

Os detidos, recentemente libertados, relataram espancamentos, ameaças de violação caso não cumprissem as ordens e como foram forçados a despir-se completamente a revistas nuas. Vários foram amarrados e vendados durante longos períodos, detidos em jaulas abertas em condições extremamente frias e sem receber alimentos ou medicamentos. El Monitor indicou que eles eram constantemente ameaçados de serem privados de ver os seus filhos e que o dinheiro e os objetos que possuíam no momento da sua detenção lhes foram retirados.

O grupo explicou que os seus ativistas entrevistaram dezenas de mulheres que afirmaram ter sido vítimas de assédio sexual e verbal.

Fui preso no dia 28 de dezembro numa escola da ONU, explicou N.H, 45 anos, que pediu anonimato por medo da reação do Exército.

Moradora do bairro Sheikh Radwan, na cidade de Gaza, afirmou que, após o assalto ao estabelecimento de ensino, as mulheres foram transferidas para um quarto.

Depois de entrarem na sala, revistaram-nos enquanto estávamos completamente nus enquanto soldados mulheres continuavam a espancar-nos brutalmente, sublinhou.

Ela indicou que foi submetida a revistas em diversas ocasiões em locais abertos e na presença de soldados do sexo masculino, enquanto um soldado israelita a insultava, cuspia nela e fazia comentários sobre o seu corpo.

Ela disse que ficou detida por 11 dias em uma jaula ao ar livre, apesar do inverno.

Por sua vez, N.M., 39 anos, que perdeu três irmãos, explicou que os homens fardados ameaçaram violá-la se ela não obedecesse às ordens de gravar vídeos em que atacasse o Movimento de Resistência Islâmica.

No momento da detenção amarraram-me as mãos atrás de mim, colocaram-me uma venda nos olhos enquanto era revistado de roupa interior, comentou S.H, 20 anos e do campo de refugiados de Jabalia.

lam/rob/ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.

EDICIONES