8 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Rússia prevê o fracasso do Ocidente em limitar os preços do petróleo

Rusia, Occidente, petróleo

Rússia prevê o fracasso do Ocidente em limitar os preços do petróleo

Moscou, 7 jul (Prensa Latina) O vice-ministro das Relações Exteriores Sergey Riabkov garantiu hoje que as tentativas dos Estados Unidos, da União Europeia e do G7 de limitar o preço do petróleo da Rússia serão um fiasco.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

“Estes planos estão condenados ao fracasso. Encontraremos as alternativas, as formas seguras de aumentar a receita”, disse o vice-ministro das Relações Exteriores aos repórteres na quinta-feira. Riyabkov lembrou que Washington e os países em sua órbita, no meio de sua guerra econômica contra Moscou, estão agora procurando limitar o custo dos hidrocarbonetos da nação eurasiática.

Ele argumentou que o mundo multipolar “é agora uma realidade e hoje nem tudo depende de um grupo de estados que acreditam ser os mestres do mundo”.

O diplomata descartou a nova ação do Ocidente como um novo elemento de guerra psicológica, com o qual estão tentando isolar Moscou do mapa geopolítico global.

“É um novo elemento de guerra psicológica, um novo elemento de guerra híbrida nas mentes doentes daqueles que desencadearam a guerra para destruir a Rússia”. Mas estes planos não se tornarão realidade”, observou o vice-ministro.

Riyabkov advertiu que Washington e os países em sua esfera de influência fazem das tentativas de controlar os mercados a pedra angular de sua política.

As autoridades russas declararam que as sanções dos EUA e da Europa infligiram um duro golpe à economia global, além do impacto que podem ter sobre Moscou.

Após o lançamento da operação militar especial da Rússia na Ucrânia em 24 de fevereiro, numerosos países, principalmente no Ocidente, ativaram várias baterias de sanções individuais e setoriais destinadas a infligir o máximo de danos à economia da nação eurasiática e exercer pressão sobre Moscou para cessar as hostilidades.

De acordo com o banco de dados Castellum.AI, a Rússia é agora o país mais punido por medidas econômicas, à frente do Irã, Síria, República Popular Democrática da Coréia e Venezuela. Desde meados de fevereiro, mais de 8.400 novas sanções restritivas foram ativadas contra a Rússia, além das 2.695 já em vigor.

mem/odf/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.