19 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Floridita de Cuba entre as reivindicações turísticas

Floridita de Cuba entre as reivindicações turísticas

Havana, 30 Jun(Prensa Latina) O bar-restaurante Floridita em Havana constitui hoje uma das reivindicações mais relevantes dos turistas que chegam a Cuba.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Não se trata apenas do interesse em chegar ao local, mas de ter conhecimento sobre o estabelecimento mundialmente famoso.

Conhecido como La Piña de Plata em suas origens, o espaço foi inaugurado em 6 de julho de 1817 (próximo seus 205 anos).

Essa celebridade o respalda em vários elementos, principalmente na qualidade do serviço e na visita de viajantes dos cinco continentes, quando a revista americana Esquire o incluiu em 1953 entre os sete bares mais famosos do mundo.

Tem várias novidades, entre elas um concurso chamado El Rey del Daiquiri que em sua versão 2012 contou com muitos bartenders cubanos e das franquias deste estabelecimento no Reino Unido, Espanha e México.

55 funcionários trabalham no Floridita, incluindo 18 mulheres, e ainda teve dois vencedores do concurso internacional Habanosommelier (combinação de bebidas, comidas e charutos), Zudlay Napoles e Orlando Blanco, este último maître de la casa.

Este também é um restaurante de celebridades, pois por seus salões, especializados em mariscos y com um bom oferecimento de charutos, passaram Paco Rabanne, Naomi Campbell, Matt Dillon, Kate Mosse, Dany Glober, Jack Nicholson, Fito Páez y Jean Paul Belmondo, entre outros.

O Daiquiri é a bebida líder no local com uma receita interessante baseada no suco de meio limão, uma colher de açúcar branco, cinco gotas de licor de maraschino, uma onça e meia de rum Havana Club de três anos e triturado gelo.

Localizado na Calle Obispo 557, às portas de Havana Velha, é um local muito visitado e atraente para os viajantes.

Este perene festival culinário tem uma homenagem constante ao escritor norte-americano Ernest Hemingway, que na época praticamente tinha sua sede em um canto do bar.

Hemingway, que bebia grandes quantidades desta bebida, viveu na ilha por mais de 20 anos, razão pela qual tem uma escultura de bronze no mesmo local onde se inclinou em vida.

O Daiquiri é uma lenda. Existem várias versões de sua aparição, uma delas a situa no início do século XX pelo engenheiro Pagliuchi, capitão do exército libertador cubano (guerra contra o colonialismo espanhol), na mina de ferro Daiquirí.

Naquele lugar da cidade oriental de Santiago de Cuba, o soldado teve uma entrevista com seu colega americano Jennings S. Cox, e como na despensa do nortista não encontrou nada além de gim ou vermute, rum, açúcar e limão, misturou alguns ingredientes para matar a sede.

Posteriormente, seu verdadeiro destaque ocorre em Havana, atribuível ao barman Emilio González, conhecido como Maragato, de origem espanhola. Mas seu aprimoramento ficou nas mãos do hispânico Constantino Ribalaigua Veri (Constant), justamente na Floridita.

mem/rfc/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.