7 de July de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Serviço de transporte suspenso na capital do Equador devido protestos

Ecuador, paro, transporte, Quito

Serviço de transporte suspenso na capital do Equador devido protestos

Quito, 22 jun (Prensa Latina) A capital do Equador, epicentro dos protestos populares que completam hoje 10 dias, suspendeu o serviço de operação do sistema de transporte.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A decisão foi divulgada em comunicado da Empresa Metropolitana de Transporte Público de Quito (Epmtpq).

De acordo com a instância, durante este dia o trólebus, a ecovía, nem as 48 rotas que operam em suas estações e terminais funcionarão.

O Epmtpq especificou que a disposição tem o objetivo de salvaguardar a integridade dos utilizadores e funcionários da empresa, no quadro das manifestações e bloqueios de estradas em plena greve por tempo indeterminado que teve início em 13 de junho.

Por fim, a entidade ressaltou que a segurança nas paradas, estações e terminais do sistema é mantida 24 horas por dia.

Na véspera, em um passeio por vários pontos da capital onde estão ocorrendo as mobilizações, a Prensa Latina encontrou pouca movimentação de cidadãos nas ruas, alguns acessos fechados pelos manifestantes e paradas vazias.

Os dias de protesto levaram à suspensão das aulas presenciais nas escolas da capital, bem como nas universidades, onde o ensino acontece virtualmente face aos problemas de mobilidade dos cidadãos.

Da mesma forma, o fechamento ou bloqueio de estradas também afetou a transferência para o Aeroporto Internacional Mariscal Sucre, onde pelo menos uma dezena de voos domésticos e estrangeiros foram cancelados.

Por enquanto, a revolta popular, convocada pela Confederação de Nacionalidades Indígenas do Equador (Conaie), está mantida por tempo indeterminado, esperando que o governo aceite um pedido de garantias feito por organizações sociais para se sentar à mesa de diálogo.

Entre as causas da greve estão as reivindicações dos cidadãos pelo alto custo de vida, cortes orçamentários em educação e saúde, insegurança, garimpo ilegal e desemprego, entre outras questões.

oda/scm/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.