7 de July de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Petro conversa com o governo venezuelano para abrir fronteira comum

Petro, Venezuela, diálogo, frontera

Petro conversa com o governo venezuelano para abrir fronteira comum

Bogotá, 22 jun (Prensa Latina) O presidente eleito da Colômbia, Gustavo Petro, confirmou hoje que se comunicou com o governo venezuelano para abrir a fronteira comum e restabelecer o pleno exercício dos direitos humanos ao longo da fronteira.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Durante sua campanha eleitoral, Petro esteve no Norte de Santander e se reuniu em Cúcuta com empresários do setor calçadista e manufatureiro com os quais discutiu a urgência de industrializar a fronteira e melhorar as relações com a Venezuela e, desta forma, enfrentar a crise econômica e comercial que a região está passando.

“Industrializar Cúcuta abrindo a fronteira. Sem o mercado colombiano de um lado e o mercado venezuelano do outro, e é por isso que Cúcuta cresceu, a industrialização não é possível”, frisou ele durante sua viagem à região como parte de sua campanha.

Ele enfatizou que se os dois mercados fossem abertos, mais de 94 milhões de pessoas de ambos os lados da fronteira de 2.219 quilômetros seriam beneficiadas.

Ele também levantou a necessidade de promover um projeto ferroviário para a área de fronteira, que visa impulsionar a economia e o comércio.

“Revivendo um projeto que nossos avós tinham em mente, que é a ferrovia do Norte de Santander, Táchira, até Maracaibo”. Isto poderia impulsionar completamente a expansão industrial de Cúcuta e, portanto, fazer de Cúcuta uma das cidades mais prósperas da Colômbia”, disse ele.

Petro também disse em sua campanha eleitoral que retomaria as relações com o governo do país vizinho, que foram quebradas desde 2019. Em fevereiro de 2019, o presidente venezuelano Nicolás Maduro anunciou a decisão de romper relações políticas e diplomáticas com Bogotá, culpando o governo de Iván Duque por apoiar agressões contra a nação bolivariana, em conluio com os Estados Unidos e a extrema direita venezuelana.

mv/otf/bm

ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.