26 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Vacinação em massa contra varíola é desnecessária, diz OMS

Vacinação em massa contra varíola é desnecessária, diz OMS

Genebra, 27 mai (Prensa Latina) A especialista em varíola da Organização Mundial da Saúde (OMS), Rosamund Lewis, garantiu hoje que a identificação de contato e isolamento de pacientes é a melhor maneira de controlar a varíola.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Não há necessidade de vacinação em massa, não há necessidade de uma grande campanha de imunização, disse o chefe da secretaria de varíola da organização em um briefing nesta cidade.

Lewis lembrou que a varíola dos macacos é transmitida principalmente por contato cutâneo e facial, portanto, a identificação precoce e o isolamento dos contatos são a melhor maneira de controlar a doença nessa fase.

O vírus da varíola dos macacos, recentemente difundido em vários países da Europa Ocidental, também foi detectado em outros continentes.

Casos de infecção são relatados na Austrália, Bélgica, Grã-Bretanha, Alemanha, Espanha, Itália, Canadá, Portugal, Estados Unidos, França, Suíça e Suécia, entre outros. Monkeypox é uma doença viral rara, transmitida principalmente ao homem por animais selvagens (roedores, primatas).

Os sintomas da doença incluem febre, dor de cabeça, dores musculares e nas costas, linfonodos inchados, calafrios e fadiga.

Erupções também podem aparecer na pele, no rosto e em outras partes do corpo.

A taxa de mortalidade por surtos de varíola geralmente varia de 1% a 10%, de acordo com a OMS, com a maioria das mortes ocorrendo em faixas etárias mais jovens.

amp/ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.