20 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Associação Nacional do Rifle realiza convenção após massacre nos EUA

Associação Nacional do Rifle realiza convenção após massacre nos EUA

Washington, 27 mai (Prensa Latina) A Associação Nacional do Rifle (NRA) dos Estados Unidos realiza hoje sua convenção anual no Texas, estado onde um tiroteio em uma escola primária matou 19 crianças e dois professores.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O ex-presidente dos EUA Donald Trump (2017-2021) e outros republicanos como o senador Ted Cruz e o governador texano Greg Abbott.

Alguns convidados recusaram convites, como o cantor Don McClean, para quem seria “desrespeitoso” se apresentar ali após o último massacre que ainda choca a nação.

Enquanto o presidente Joe Biden, os democratas e grande parte da sociedade estadunidense defendem mais regulamentações sobre armas, os membros e apoiadores da NRA consideram que é necessário um melhor atendimento de saúde mental, em vez de proibir dispositivos letais.

A NRA declarou em comunicado que na convenção a ser realizada na cidade de Houston vão refletir sobre o que aconteceu na escola de Uvalde (Texas), orar pelas vítimas e redobrar o compromisso de tornar as escolas lugares mais seguros.

Ao mesmo tempo, organizações civis pressionam para impedir a realização do evento e preparam manifestações contra ele.

Todos devemos concordar que é inapropriado que a maior organização de lobby de armas do mundo organize uma convenção de celebração no mesmo estado onde o massacre ocorreu na terça-feira passada, disse o grupo Parents Together.

A tragédia de Uvalde não fez nada além de sublinhar como a nação mais poderosa do mundo não pode nem garantir que suas crianças mais vulneráveis, pequenas, estejam a salvo de uma morte violenta, seria difícil encontrar um fracasso governamental mais surpreendente, valorizou a cadeia CNN.

A desregulamentação das armas, com base na interpretação da Segunda Emenda da Constituição, e a inação dos políticos nesse sentido, mais preocupados em manter suas posições de poder do que em resolver problemas, apontam para as principais causas da crescente violência armada.

Os legisladores, e os republicanos em particular, se recusam a limitar o acesso às armas, enquanto a poderosa NRA pressiona para rejeitar qualquer mudança.

Nesta quinta-feira, os membros do partido vermelho bloquearam no Senado um projeto de lei sobre terrorismo nacional que abriria o debate sobre questões relacionadas a crimes de ódio e armas.

rgh/avr/ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.