29 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Rússia questiona desejo da Ucrânia de resolver o conflito

Rússia questiona desejo da Ucrânia de resolver o conflito

Moscou, 25 de mai (Prensa Latina) O vice-chanceler russo Andrei Rudenko questionou hoje a sinceridade do desejo da Ucrânia de encontrar uma solução pacífica para o atual conflito bilateral.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A declaração do diplomata responde às declarações do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, que condicionou a retomada das negociações de paz ao retorno da Rússia às suas posições anteriores a 24 de fevereiro e à retirada de suas tropas.

“Nesse sentido, dificilmente podemos avaliar esta declaração de Zelensky como construtiva”, disse Rudenko.

Ele também lembrou que Kiev participou ativamente das negociações praticamente desde o primeiro dia da operação militar especial e não impôs nenhuma condição.

“Se eles agora colocam condições aqui, isso nos faz duvidar da sinceridade de seu desejo de encontrar uma solução pacífica”, disse o vice-chanceler.

Anteriormente, o presidente ucraniano declarou em entrevista à rede japonesa NHK que Kiev se sentaria à mesa de negociações com Moscou depois de devolver seus territórios perdidos quando a operação militar começou.

Em 23 de maio, Rudenko afirmou que seu país está pronto para retomar as negociações com a Ucrânia assim que Kiev mostrar uma postura construtiva e responder às propostas de Moscou.

A Rússia iniciou uma operação militar na Ucrânia em 24 de fevereiro, depois que as autoridades das autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e Lugansk solicitaram ajuda para repelir o aumento da agressão e os intensos bombardeios de Kiev.

Anteriormente, Moscou reconheceu a independência e soberania de ambos os territórios e assinou tratados de amizade, cooperação e assistência mútua com seus líderes, que incluíam o estabelecimento de relações diplomáticas e ajuda militar.

Em seu discurso para informar sobre o início da operação, o presidente russo Vladimir Putin afirmou que o objetivo é proteger a população de Donbass dos abusos e genocídio de Kiev durante os últimos oito anos, além de “desmilitarizar” e “desnazificar” Ucrânia.

oda/odf / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.