26 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Massacre no Texas: 19 crianças e dois adultos mortos

Massacre no Texas: 19 crianças e dois adultos mortos

Washington, 25 mai (Prensa Latina) Dados atualizados hoje do recente tiroteio em uma escola primária do Texas indicam que 19 crianças e dois adultos foram mortos em um dos ataques mais mortíferos da última década nos Estados Unidos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O Departamento de Segurança Pública do Texas confirmou que o atirador, um jovem de 18 anos identificado como Salvador Ramos, foi morto quando a polícia o confrontou na Robb Elementary School em Uvalde, cerca de 133 quilômetros a oeste de San Antonio.

O sargento Erick Estrada, um dos oficiais encarregados da investigação, disse à emissora americana CNN que o atirador estava usando um colete à prova de balas, carregando uma espingarda e uma mochila e entrou em várias salas de aula disparando a arma.

Ele disse que havia atirado em sua própria avó, que foi levada em estado crítico para um hospital em San Antonio.

O calendário escolar deveria ter terminado na quinta-feira antes das férias, mas em vez dos planos de verão, os pais estão agora de luto pelos filhos.

Uvalde tem uma população de cerca de 15.000 pessoas, das quais mais de 80% são hispânicas e cerca de 21% vivem abaixo da linha de pobreza, de acordo com o Departamento do Censo.

O tiroteio, que a polícia disse ter ocorrido pouco antes do meio-dia, ampliou um debate nacional já angustiado sobre a necessidade de legislação para regulamentar as armas de fogo diante do número assombroso de violência armada nos Estados Unidos.

Bandeiras americanas por todo o país estão voando a meia haste na terça-feira em homenagem às vítimas do mais recente tiroteio em uma nação onde a violência armada é superior a 200 e as mortes por armas de fogo excedem 17.000, de acordo com o Arquivo de Violência Armada.

O Presidente dos EUA Joe Biden emitiu uma declaração no dia anterior na qual lamentou o que havia acontecido e pediu aos membros do Congresso que “transformassem esta dor em ação” sobre a legislação de controle de armas.

Os legisladores se recusam a limitar o acesso a armas em um país onde mais de cem pessoas são baleadas todos os dias, mas a poderosa Associação Nacional de Espingardas está pressionando os legisladores a rejeitar qualquer mudança.

Duas propostas para regulamentar tais dispositivos passaram na Câmara dos Deputados em março de 2021, mas definharam no Senado, onde os democratas têm mostrado até agora pouco interesse em uma batalha para encontrar os 10 votos republicanos necessários para levá-los adiante.

Enquanto continua o desacordo no Capitólio sobre um projeto de lei sobre o assunto, é a população, especialmente os negros e as minorias latinas, que suportam o fardo do número de mortos e aqueles afetados pelo flagelo, de acordo com pesquisas e estatísticas oficiais.

O tiroteio de terça-feira foi o segundo tiroteio em massa no país nos últimos 10 dias, após um ataque supremacista branco que matou 10 pessoas – a maioria delas negras – na cidade de Buffalo, em Nova York.

mv/avr/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.