29 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Artista da França incorporou cor e simbolismo em um bairro de Havana (+Fotos)

Artista da França incorporou cor e simbolismo em um bairro de Havana (+Fotos)

Por Danay Galletti Hernandez
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Havana, 24 mai (Prensa Latina) A artista urbana Delphine Delas incorporou um de seus famosos murais à fisionomia social do popular bairro de San Isidro, em Havana, como parte da agenda do Mês da Cultura Francesa em Cuba.

Nascido na cidade de Bordeaux e com laços familiares em uma de suas áreas emergentes de Bacalan, a também professora veio a Havana graças à chamada operação Cubacalan, promovida pela associação independente do país europeu Bordeaux Parallaxes.

Como Delas explicou em declarações exclusivas à Prensa Latina, a cidade europeia recebeu um dos representantes da arte de rua em Cuba durante o verão de 2021, conhecido sob o pseudônimo de Mr. Myl, que fez grandes afrescos junto com o artista da cena bordelesa Möka 187.

Formada em História da Arte pela Escola do Louvre e pela Universidade de Paris, La Sorbonne, a acadêmica manteve um constante intercâmbio nas plataformas digitais com o defensor da chamada arte de rua na capital cubana para projetar a obra que finalmente capturaram em San Isidro.

“Da França busquei informações sobre a história do bairro, fiz alguns esboços e assim que cheguei aqui incorporei as cores nos desenhos iniciais e surgiram símbolos como flores e borboletas”, detalhou.

Na peça, o espectador não distingue se a figura é uma mulher ou um homem; o mural tem várias leituras e interpretações e também é fruto do diálogo entre a artista e os moradores da área e seu discernimento pessoal sobre o contexto social, a cultura e a idiossincrasia do espaço geográfico.

“Dentro do meu trabalho estou atenta ao que acontece, à cena perto dos meus murais. Para mim é especialmente importante que os vizinhos acordem, abram as janelas e contemplem a minha criação”, assegurou a virtuosa francesa cuja herança é influenciada por mitologias, lendas e Art Nouveau.

Outro de seus objetivos, dentro do que chama de “responsabilidade artística”, é a proximidade entre o autor, transeuntes e moradores próximos e o mural de San Isidro repetindo elementos inscritos em sua estética e identidade plástica, entre eles, as molduras, curvas e a cor dourada.

Esses bairros populares passam por uma transformação visível através da arte urbana, disse Catherine Castagnera, diretora de Bordeaux Parallaxes, à Prensa Latina, acrescentando que a ideia está no estímulo de novas conexões entre as duas cidades, unidas por laços muito antigos de cultura e emigração.

“Nossa intenção é gerar uma dinâmica com os representantes das novas gerações de artistas da França e Cuba e entre duas cidades portuárias que se abrem para o mar e têm reconhecimento patrimonial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, UNESCO”, concluiu.

mem/dgh/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.