26 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Nova Primeira-ministra, velhos desafios

Nova Primeira-ministra, velhos desafios

Por Waldo Mendiluza
Paris, 21 mai (Prensa Latina)
Uma mulher voltou ao Hotel de Matignon após a nomeação esta semana do presidente reeleito Emmanuel Macron de Élisabeth Borne como primeira-ministra da França, uma nomeação com reações mistas em um país polarizado.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De um lado destacou-se que depois de Edith Cresson (1991-1992) nenhuma mulher ocupou o cargo, uma seca que o pioneiro em ocupá-lo atribuiu ao machismo da classe política francesa, enquanto do outro choveram críticas.

História à parte, o desafio para a substituição da ex-ministra do Trabalho e Jean Castex é grande, embora a verdade seja que as questões obrigatórias da sua agenda não são novas, com as preocupações sociais em primeiro plano, agravadas pelo contexto internacional e em particular pelos conflitos militares na Ucrânia.

A perda de poder aquisitivo, a necessidade de fortalecer um sistema de saúde posto à prova pela Covid-19 e a deterioração ambiental estão em primeiro plano há algum tempo, mas agora a responsabilidade recai sobre Borne e o gabinete que Macron o encarregou de formar para seu segundo período de cinco anos no Palácio do Eliseu.

A tarefa pela frente é imensa, admitiu a primeira-ministra na Assembleia Nacional, onde o partido no poder é a maioria, mas terá de defendê-lo nas eleições legislativas de junho próximo, face ao desafio colocado pela unidade da esquerda e a ascensão da extrema direita.

Borne vai enfrentar, para além da formação do Governo, o desafio da campanha para a conquista de um lugar de deputado pelo departamento de Calvados, de forma a manter a tradição republicana de que o primeiro-ministro ocupa um lugar no hemiciclo.

Assim que sua nomeação foi conhecida, oito sindicatos da função pública enviaram-lhe carta aberta, com cópia para Macron, exigindo o aumento do salário-base e a renúncia à extensão da idade de aposentadoria, de 62 para 65 anos, conforme previsto. o chefe de Estado.

Medidas importantes devem ser adotadas sem demora no início deste quinquênio, as mais urgentes relacionadas aos salários e ao poder de compra dos franceses, alertaram.

A representante da extrema direita, Marine Le Pen, considerou que a nomeação de Borne demonstra a incapacidade do presidente de se unir e a sua vontade de continuar com as políticas de “desconstrução do Estado e destruição social”.

(Retirado de Orbe)

PL-6

2022-05-21T00:25:28

/as

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.