26 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Cuba reconhece o trabalho dos médicos de família em seu Dia Mundial

Cuba reconhece o trabalho dos médicos de família em seu Dia Mundial

Havana, 19 Mai (Prensa Latina) O Ministro da Saúde Pública de Cuba, José Ángel Portal, reconheceu hoje o trabalho dos médicos de família para comemorar seu Dia Mundial e os qualificou como guardiões da saúde e da vida.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em mensagem nas suas redes sociais Twitter e Facebook, o ministro salientou que o Programa Médico e Enfermeiro de Família conseguiu tornar-se a própria essência do Sistema Nacional de Saúde.

“A dedicação dos profissionais que nele trabalham deixou marcas profundas em todos os cantos de Cuba e também em muitas partes do mundo. Milhares de histórias são escritas a partir do empenho e da sensibilidade com que nossos médicos chegam às casas, e embora cada é sempre perfectível, são mulheres e homens que não poupam tempo nem esforços para proteger a vida”, acrescentou Portal.

Reconheceu o papel dos médicos de família que de forma especial trabalharam “incansavelmente no confronto com a Covid-19, e cujo trabalho tem sido essencial”.

“Sem eles teria sido impossível assumir e enfrentar os inúmeros desafios que a pandemia significou nos bairros: eles também são nossos heróis”, disse.

O Dia Mundial do Médico de Família é comemorado em todo o mundo desde 2010, por iniciativa da Organização Mundial de Médicos de Família (WONCA).

Um dos principais objetivos da comemoração é destacar o papel e a contribuição desses especialistas nos sistemas de saúde em todo o mundo.

Segundo o Anuário Estatístico da Saúde, até 2020 Cuba tinha 26.173 médicos de família localizados nas comunidades, o que garante uma cobertura de cem por cento da população.

Na nação caribenha, o Programa Médico e Enfermeiro de Família tinha vários antecedentes voltados ao controle de doenças diarreicas e respiratórias agudas, tuberculose; atendimento a grupos de pessoas de maior risco, como mães e crianças menores de um ano.

Foi em 1984 quando o médico de família e o enfermeiro foram incorporados a partir das concepções do líder da Revolução Fidel Castro Ruz e foram feitas mudanças na forma, conteúdo e prática da assistência médica, estabelecendo mudanças no atendimento ambulatorial

Em 4 de janeiro daquele ano, Fidel inauguraria esta iniciativa e atualmente há um médico para cada 120 habitantes aproximadamente e uma enfermeira para cada 128 habitantes na ilha das Antilhas.

Em todo o território nacional existem onze mil 432 consultórios de Médicos e Enfermeiros de Família e 449 policlínicas.

mv/cdg/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.