2 de July de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

A sincera homenagem a José Martí na Guatemala (+Fotos)

A sincera homenagem a José Martí na Guatemala (+Fotos)

Cidade da Guatemala, 19 de mai (Prensa Latina) Todo dia 19 de maio, cubanos e guatemaltecos visitam a Avenida Las Américas da capital, onde se destaca a estátua de José Martí junto com as de outros combatentes da independência do continente.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A homenagem ao amigo sincero, na Praça do Jardim que leva seu nome, lembra a chegada aqui da escultura do Herói Nacional de Cuba, em 23 de agosto de 2013.

Dizem que colocar a efígie de três metros foi um grande desafio, mas o jovem escultor cubano Andrés González ficou satisfeito, pois não teve um arranhão.

Um despacho da Prensa Latina daquele dia lembra como trabalhadores, auxiliados por um guindaste, ajudaram a tornar realidade o projeto de González, que estava atento à meticulosa transferência do trabalho da Oficina Escola do Município para a movimentada estrada, cerca de 10 quilômetros.

smart

“Acho que é uma honra justa, um reconhecimento de sua marca e o carinho que ele sentia tanto pelo povo guatemalteco, como o que o povo guatemalteco sente por Martí”, disse Roberto Blanco, então embaixador cubano na terra de o Quetzal, quando a inauguração oficial do monumento ocorreu em 29 de agosto.

“É um templo para a fraternidade e um reconhecimento da luta dos dois povos”, confirmou Blanco, e desde então o Mestre permaneceu mais profundamente enraizado na memória coletiva.

Dezenas de curiosos que passavam pelo local registraram em seus celulares a imagem do Herói Nacional de Cuba, que viveu de 1877 a meados de 1878 na Guatemala, período curto, mas intenso.

“O humilde peregrino”, como se definiu ao chegar a este país da América Central no final de março, fica em um pedestal de mais de seis metros e tem uma estrutura de ferro coberta de cimento e pó de pedra das montanhas do leste da Guatemala.

????????????????????????????????????

Um Martí com um livro colado ao peito junto a uma rosa estende o braço esquerdo em sinal de gratidão, esperança, merecimento…

“…Sem perturbar meu decoro, sem dobrar minha ferocidade, esse povo, sincero e generoso, deu abrigo ao humilde peregrino. Fez dele um mestre, que é fazer dele um criador. Ele estendeu a mão para mim. e eu a sacudi”, escreveu em seu ensaio “Guatemala” como forma de agradecimento por todo o carinho recebido de “uma terra hospitaleira, rica e franca”.

Ao apreciá-lo, cada caminhante fica com uma ideia diferente do brilhante orador, professor e poeta que deixou um profundo vínculo cultural e de amizade entre dois povos do que aqui chamou pela primeira vez de Nossa América.

Se você é cubano, pode evocar imediatamente um verso livre conhecido desde a infância: Eu cultivo uma rosa branca/em julho como em janeiro/para o amigo sincero/que me dá a mão aberta.

Se você é guatemalteco, virá à sua mente o poema IX dos Versos Simples e a estrofe inicial que aparece em uma pequena placa à esquerda do monumento: “Quero, à sombra de uma asa, /Contar esta história em flor :/A menina guatemalteca, /A que morreu de amor”.

jf/mmc / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.