29 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Cuba denuncia omissão de temas importantes na Cúpula das Américas

Cuba denuncia omissão de temas importantes na Cúpula das Américas

Havana, 18 mai (Prensa Latina) A IX Cúpula das Américas, cujos preparativos avançam hoje nos Estados Unidos, se reunirá sem abordar ou responder a questões muito importantes na região, assegurou uma fonte do Ministério das Relações Exteriores cubano.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Segundo o vice- chanceler Carlos Fernández de Cossío, a reunião prevista para junho não discutirá temas como racismo, direitos das mulheres e marginalização.

Nem o debate sobre a desigualdade no acesso aos serviços de saúde, nem o impacto das medidas coercitivas sobre as nações, estarão na agenda, disse o representante do governo.

Segundo o vice-chanceler, a posição oficial de Washington é que ainda não há convites a ninguém para o encontro marcado na cidade de Los Angeles, mas a intenção é excluir Cuba da cúpula.

A possível exclusão da ilha, junto com a da Venezuela e da Nicarágua, gerou descontentamento e fez com que vários governos da região anunciassem sua ausência da reunião caso os anfitriões insistissem nessa afirmação.

Espero que o presidente Joe Biden retifique e convide a todos para a Cúpula das Américas, disse recentemente o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador.

“Se um país não tem capacidade para garantir a participação de todos, não deve assumir o compromisso de realizar uma cúpula em seu território”, enfatizou Fernández de Cossío no programa de televisão Mesa Redonda.

Como comentou naquele espaço, os Estados Unidos mantêm uma política de hostilidade em relação a Cuba, visando alterar a ordem socioeconômica, isolando a nação caribenha no cenário internacional e promovendo uma campanha constante de descrédito.

Na última segunda-feira, Washington anunciou medidas de suposta flexibilização com Havana, como a eliminação dos limites de remessas, a reautorização das chamadas viagens interpessoais e o programa de reagrupamento familiar, todos suspensos pelo governo Donald Trump (2017-2021).

Os voos regulares e fretados para as províncias cubanas também seriam restabelecidos, os serviços consulares em sua embaixada em Havana e outras providências seriam ampliadas.

As medidas são consideradas “um passo limitado na direção certa”, pois não modificam o bloqueio imposto pelos Estados Unidos há mais de seis décadas, nem “a inclusão fraudulenta em sua lista de países patrocinadores do terrorismo”, salientou o vice-chanceler.

Tampouco modificam a maior parte das disposições coercitivas de pressão máxima em vigor desde o governo Trump, com grande impacto sobre o povo cubano, acrescentou.

oda/cgc/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.