29 de June de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Avisos sobre a violência de Bolsonaro contra a democracia no Brasil

Avisos sobre a violência de Bolsonaro contra a democracia no Brasil

Brasília, 18 mai (Prensa Latina) O presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, pediu uma reação à posição do líder de extrema-direita Jair Bolsonaro para defender o porte de armas para garantir a democracia no Brasil hoje.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

“Bolsonaro continua a fomentar a violência contra (ex-presidente Luiz Inácio) Lula (da Silva) e contra os eleitores”, advertiu Hoffmann no Twitter.

Ressaltou que o ex-militar “não sabe o que são diálogo, debate, civilidade”. Ele não sabe como perder.

Insistiu que suas palavras de ordem “soam como desespero”. Os juramentos, os ataques e os apelos a Deus mostram que Ele não aceitará a derrota. As instituições devem permanecer vigilantes, com tanto encorajamento poderíamos ter uma campanha (eleitoral) violenta”, disse ele.

Ela advertiu que “a sociedade e as instituições devem reagir em defesa da democracia e contra a violência política”.

Durante um evento no município de Propriá, no pequeno estado de Sergipe (nordeste), Bolsonaro considerou que a arma, “além da segurança pessoal das famílias, é também a segurança de nossa soberania nacional e a garantia de que nossa democracia será preservada”.

Para o ex-capitão do exército, “não importa o que significa que temos que usar um dia”. Nossa democracia e nossa liberdade não são negociáveis.

Segundo a revista Exame, Bolsonaro fez a declaração num momento em que é acusado pelos opositores de preparar seu discurso para tentar “revestir de mel” as eleições de outubro, em caso de derrota nas urnas.

Também, em sua pré-campanha, o governador fez um aceno de cabeça ao senador Fernando Collor (ex-presidente 1990-1992), chamando-o de “grande aliado no Parlamento” e repetiu a frase: “o Nordeste é nosso”.

O Nordeste é a região do país onde o ex-militar enfrenta mais dificuldades diante da liderança de Lula nas pesquisas de opinião no período que antecede a votação.

Mais uma vez Bolsonaro terminou seu discurso em Propriá com a oração Deus, Pátria, Família e Liberdade.

Exame explica que este slogan era uma frase-síntese da chamada Ação Integralista Brasileira, um movimento de inspiração fascista fundado no Brasil por Plínio Salgado em 1932.

Após ameaças e ataques, as organizações da sociedade civil brasileira entregaram uma carta ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Edson Fachin, em repúdio aos ataques do chefe de estado ao sistema eleitoral.

Assinado pela Coalizão para a Defesa do Sistema Eleitoral, o documento convida Fachin a investigar, se necessário, o uso de ferramentas de espionagem pelo governo atual para “interferir na regularidade do processo eleitoral”.

oda/ocs/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.